Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Polícia Militar (PM) do Paraná prendeu um auditor fiscal da Receita Estadual, nesta quarta-feira (18), extorquindo R$ 3 mil de um comerciante, em Curitiba. Segundo informações apuradas pela reportagem da Gazeta do Povo, o nome do auditor não foi divulgado pela PM. O acusado teria começado a tentativa de suborno na manhã desta terça (17). Ele estaria há mais de 20 anos na função, prestes a se aposentar.

Como mostra a Gazeta desta quarta, um carro da empresa de Carlos Moreira Paes, carregado de pneus usados, foi parado em uma blitz da Receita Estadual no trevo de Campo Magro, na região metropolitana. Como não foi apresentada nota fiscal do produto, o veículo ficou retido até que Paes pagasse uma multa de cerca de R$ 800. Paes disse que o acusado exigiu que até as 16 horas de segunda-feira ele pagasse a mais R$ 3 mil, do contrário a multa seria aumentada para R$ 10 mil. "Ele disse que iria repartir esse dinheiro com a equipe dele", afirma Paes.

O pagamento foi prorrogado para o final da tarde desta quarta. Foi quando policiais do serviço reservado da PM ficaram de campana em frente ao local combinado para que o dinheiro fosse entregue – uma capela no bairro Campo Comprido, próximo à BR-277. Segundo o cabo José Carlos Bueno, assim que o fiscal apareceu e o pagamento foi efetuado, uma equipe do Canil Central da Companhia de Choque foi acionada e prendeu o acusado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]