Depois do Ministério da Integração Nacional anunciar o repasse de R$ 752 mil ao município de Campo Largo para restabelecer serviços essenciais, como escolas, hospitais e unidades de saúde, a prefeitura informou nesta sexta-feira (31) que irá reformar 50 prédios públicos danificados pela tempestade de granizo na tarde do último dia 17. O município não soube precisar quantas casas dos 3,6 mil imóveis afetados serão beneficiadas pelo repasse.

A prioridade será para a reconstrução dos telhados prejudicados, a fim de que todos os serviços possam voltar à ativa, segundo o município. Alguns dos locais a ser recuperados são 15 blocos do Centro Administrativo da prefeitura, 12 escolas, cinco centros de apoio, Biblioteca Municipal, Casa da Cultura, Corpo de Bombeiros, delegacias, Arquivo Escolar, Horto Municipal, Capela Mortuária, Terminal Rodoviário, Central de Medicamentos e Centro Médico Hospitalar.

De acordo com o Ministério, o prazo para realização das obras é de 180 dias, como especificado no plano de trabalho enviado no último dia 19 à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec). O Ministério esclarece ainda que outros repasses poderão ser feitos depois da análise do plano, já que o município estima em mais de R$ 12 milhões os prejuízos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]