Quase 3 mil profissionais de segurança vão trabalhar no Litoral do Paraná durante a Operação Viva o Verão, organizada pela Secretaria Estadual da Segurança Pública (Sesp-PR).

Entre as autoridades que serão deslocadas para os balneários estão 1,5 mil policiais militares, 360 policiais civis, 1 mil bombeiros, além de funcionários de institutos de Criminalística. "Pretendemos evitar afogamentos e mortes e precisamos estar preparados para dar o atendimento emergencial e salvar vidas. Cada vez mais pessoas procuram o Litoral paranaense para passar as férias", disse o secretário da Segurança, coronel Aramis Linhares Serpa, em entrevista à Agência Estadual de Notícias, órgão oficial do governo.

O efetivo deslocado vai contar com 700 veículos oficiais, além de um helicóptero permanente e jet-skis nas praias.

Operação

A Operação Viva o Verão da temporada 2010/2011 vai começar no dia 11 de dezembro e deve se estender até 14 de março, após o Carnaval. Em relação aos últimos anos, o início dos trabalhos acabou antecipado em uma semana.

Durante a operação, servidores de diferentes áreas como segurança pública, esporte, cultura e meio ambiente deslocam-se para o Litoral paranaense para atender a população. Uma das principais ações da Operação Verão é o deslocamento de policiais para as cidades do Litoral.

Em relação à temporada anterior, o número de prisões, apreensões de drogas, furtos e casos de lesão corporal aumentou no último verão. O maior crescimento foi o de apreensão de entorpecentes: 98%. Já os atendimentos relacionados à perturbação ao sossego caíram de 641 para 513 na última temporada.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]