i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
frente fria

Chuva faz estragos em várias cidades

Temporais com muita ventania destelham dezenas de casas e deixam milhares sem energia em várias regiões do Paraná

  • PorKatia Brembatti, Angieli Maros,Naiady Piva, especial para a Gazeta do Povo, e Luiz Carlos da Luz, correspondente em Cascavel
  • 24/09/2014 21:14
Chuvas devem se prolongar até o fim de semana em Curitiba | Jonathan Campos / Gazeta do Povo
Chuvas devem se prolongar até o fim de semana em Curitiba| Foto: Jonathan Campos / Gazeta do Povo

O Paraná foi atingido ontem por chuva e frio, em decorrência de uma frente fria, segundo o Instituto Tecnológico Simepar. Ainda no fim da manhã, cinco municípios já haviam relatado estragos causados pelas chuvas, que acompanhadas de vento forte e descargas elétricas, também deixam 26 mil imóveis sem energia entre o Sudoeste e o Noroeste do estado, segundo a Copel.

As rajadas de vento chegaram a 70 km/h ou mais em várias cidades. Os maiores acumulados de chuva entre a meia-noite e o fim da manhã foram entre o Sudoeste e o Oeste. As chuvas constantes e as temperaturas mais baixas, com mínima de 13°C em Curitiba, devem se prolongar até o fim da semana.

Em Cascavel, no Oeste, os ventos chegaram a 67,7 km/h e causaram pelo menos 30 destelhamentos, alagamentos e quedas de árvores, segundo a Defesa Civil local. Foram distribuídas 1,5 mil lonas para moradores da região norte da cidade, onde o vendaval foi mais intenso. Casas ficaram alagadas e houve registros de quatro árvores arrancadas pelo vento.

Em Toledo uma casa foi destelhada, segundo o Corpo de Bombeiros. Houve registros sem gravidade na cidade de Marechal Cândido Rondon. Na região Centro-Oeste, oito casas ficaram destelhadas em Ubiratã. Em Araruna, uma unidade da Apae também teve parte do telhado deslocado pelo vento. Já no Centro-Sul, Pitanga teve cinco casas destelhadas. Uma árvore caiu na PR-466.

Sem luz

Os ventos também provocaram descargas e deixaram, por volta das 11 horas, 12 mil imóveis sem energia elétrica nas regiões Oeste e Sudoeste, e mais 14 mil no Noroeste. As informações são da Copel.

Quatro torres da linha de transmissão de Furnas foram derrubadas em Cafelândia, na região de Cascavel. Segundo informações da empresa, não houve interrupção no fornecimento de energia elétrica para o consumidor. O conserto deve ser concluído em até 10 dias.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.