i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
gripe suína

Cinco novos casos da gripe A H1N1 são confirmados em Curitiba; já são 61 no Paraná

A origem da contaminação em três dos cinco casos ainda estava sendo investigada. Além desses, uma pessoa contraiu a doença na Argentina e outra no Paraguai

  • PorGazeta do Povo
  • 20/07/2009 15:32

Todas as novas situações são da região de Curitiba. Já são 61 casos da doença no Paraná

Cinco novos casos da gripe A H1N1 foram confirmados, nesta segunda-feira (20), pela Secretaria Estadual de Saúde (SESA). Todas as situações são da região de Curitiba. Já são 61 casos da doença no Paraná.

A origem da contaminação em três dos cinco casos ainda estava sendo investigada. Além desses, uma pessoa contraiu a doença na Argentina e outra no Paraguai. Todas as pessoas passam bem, de acordo com a SESA.

Foram registrados casos da gripe A H1N1 nas regiões de Curitiba (36), Ponta Grossa (9), Cascavel (5), Foz do Iguaçu (4), Maringá (2). Londrina (1), Toledo (1), Pato Branco (1), Apucarana (1), e Umuarama (1). Outras 685 situações são suspeitas e 270 foram descartadas.

Quem retornou de viagens ao exterior, ou teve contato com pessoas que viajaram, e tiver sintomas como febre, tosse e dor no corpo - no prazo de dez dias – deve procurar um posto de saúde ou um hospital com urgência.

Tratamento

As pessoas que estiverem com os sintomas da nova gripe podem procurar qualquer hospital de médio ou grande porte - públicos ou privados. Isso porque esses locais possuem áreas de isolamento para esses pacientes, para que não haja contaminação de outros doentes. No entanto, os hospitais de referência são públicos, pois são ligados diretamente ao Ministério da Saúde.

Novos procedimentos

Nesta terça-feira (21) o secretário estadual de Saúde, Gilberto Martin, que anunciará - em entrevista coletiva - quais serão os novos procedimentos com relação à gripe A H1N1, que devem ser adotados nas unidades de saúde do Paraná. A orientação do Ministério de Saúde foi feita às secretarias quando houve a comprovação do que o vírus já estava circulando pelo país.

Suspeita de morte por gripe suína

Nesta segunda-feira (20) o corpo do vigilante José Roberto Maia foi enterrado no Cemitério Pedro Fuss, em São José dos Pinhais, região metropolitana (RMC), por volta das 11 horas. Maia pode ter morrido por causa de contaminação da gripe suína.

Vinte cinco pessoas acompanharam o cortejo. Os parentes mais próximos de Maia usavam máscaras, mas metade dos presentes estavam sem proteção no rosto. O enterro foi feito rapidamente.

O vigilante morreu na manhã de domingo (19), por volta das 8 horas, no Hospital e Maternidade Pinhais, também na RMC. O hospital foi fechado por suspeita de contaminação da gripe suína no domingo e foi reaberto por volta das 7 horas de segunda-feira (20), após ter sido desinfectado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.