i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Entrelinhas

O Valente não é Violento

  • Pormarcela campos - entrelinhas@gazetadopovo.com.br
  • 18/04/2014 21:07
 | Divulgação
| Foto: Divulgação

24 quadros por segundo

"Às vezes quando as pessoas conseguem o que elas querem, elas percebem o quão limitados eram os seus sonhos."

A frase saiu da série de tevê Mad Men, que se passa na Nova Iorque dos anos 1960 e acompanha a vida do publicitário Don Draper. A série mostra as mudanças de comportamento que marcaram a época.

A ONU abrirá no mês que vem um concurso de vídeos com o tema "O Valente não é Violento". A ação integra a campanha "UNA-SE pelo fim da violência contra as mulheres", lançada pelo secretário-geral das Nações Unidas em fevereiro de 2008 e que conta com o envolvimento de todas as agências da ONU e coordenação da ONU Mulheres. Os vídeos devem estimular a mudança de atitudes e comportamentos dos homens, enfatizando a responsabilidade que devem assumir na eliminação da violência machista contra mulheres e meninas. Haverá duas categorias: vídeo amador, voltada a estudantes do ensino fundamental e do ensino médio, e vídeo profissional, com o incentivo à participação de profissionais do audiovisual. A ideia é que a seleção dos vencedores seja feita em novembro, durante um festival de cinema.

Monstro

A iniciativa "O Valente não é Violento" convida as pessoas a reverem os estereótipos de gênero, ou seja, as ideias préconcebidas dos papéis sociais denominados femininos ou masculinos e das crenças sobre o que as mulheres e os homens devem ser ou fazer. Afinal, quem estuda a violência doméstica ressalta que essas ideias profundamente arraigadas no nosso comportamento são a base da discriminação das mulheres e, consequentemente, da violência exercida contra elas e contra os filhos. A ação já conta com dois vídeos oficiais, que foram criados por uma agência mexicana. Em um deles, uma criança encolhida na cama, à noite, enxerga um monstro dentro do armário e fica apavorada. Na sequência, ela aparece abraçada ao monstro, que a protege do verdadeiro perigo, o pai violento que acaba de chegar.

Socorro animal

Criado em junho do ano passado em Ponta Grossa, o Instituto Klimionte Ambiental (IKA) agora é uma entidade de utilidade pública. Uma lei aprovada pela Câmara de Vereadores em março deste ano conferiu o status à organização. O instituto é formado por médicos veterinários de uma clínica particular de Ponta Grossa que prestam apoio voluntário aos agentes da Polícia Ambiental. Responsável pelo IKA, o veterinário Robson Carlos Klimionte disse que o sonho é criar, em Ponta Grossa, um centro de triagem para o acolhimento de animais silvestres atropelados ou vítimas de maus-tratos. O Paraná conta com apenas um centro de triagem, em Tijucas do Sul. A existência desse tipo de unidade seria importante para preservar a fauna de unidades de conservação da região dos Campos Gerais, como o Parque Estadual de Vila Velha e o Parque Estadual do Guartelá.

Ligue o pisca

Buzinadas, estresse, fechadas perigosas e acidentes podem ser evitados pelo simples fato de ligar o pisca. Para tentar conscientizar os motoristas sobre a importância de sinalizar as intenções no trânsito, o vereador Valdemir Soares (PRB-PR) iniciou em abril a campanha "Mudar de pista? Ligue o pisca". Um vídeo está sendo compartilhado na internet (veja em: bitly.com/1te5sxJ) e segundo o vereador para os próximos meses estão programadas intervenções nas ruas da cidade.

Colaborou: Maria Gizele da Silva

Dê sua opiniãoO que você achou da coluna de hoje? Deixe seu comentário e participe do debate.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.