i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Saúde

Comitê vai padronizar procedimentos de combate à micobacteriose no PR

  • PorGazeta do Povo
  • 08/12/2008 15:52

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) anunciou nessa segunda-feira (8) a criação de um comitê especial para combater novos casos de infecção por micobacteriose.Desde dezembro de 2007, o estado registrou 161 notificações da doença, causada por micobactérias de crescimento rápido transmitidas por materiais cirúrgicos não esterilizados adequadamente. Desse total, 113 casos foram confirmados - 104 só em Curitiba.

Os sintomas da micobacteriose são dificuldade de cicatrização e nódulos secreção no local da cirurgia. Eles podem surgir no período entre duas semanas e um ano após o procedimento médico.

O intuito do Comitê Técnico Assessor em Infecções por Micobactérias Não-Tuberculosas de Crescimento Rápido é padronizar os procedimentos nos hospitais de todo o estado para combater a infecção, informa a Agência Estadual de Notícias. Além do corpo técnico da Sesa, o comitê contará com representantes do Conselho Regional de Medicina (CRM), da Associação Médica do Paraná (AMP), da Sociedade Paranaense de Infectologia (SPI), entre outras entidades médicas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.