i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Rio de Janeiro

Condomínio é invadido em Santa Teresa

De acordo com os moradores dos prédios, pelo menos dez pessoas encapuzadas, armadas com paus e pedras, invadiram uma praça que fica no centro dos edifícios, por volta das 20h de domingo

  • PorAgência O Globo
  • 05/03/2012 05:30

Cerca de 20 carros foram destruídos e diversos apartamentos apedrejados na noite deste domingo no condomínio Equitativa, em Santa Teresa. De acordo com os moradores dos prédios, pelo menos dez pessoas encapuzadas, armadas com paus e pedras, invadiram uma praça que fica no centro dos edifícios, por volta das 20h. Foram ouvidos estouros semelhantes ao barulho de bombas caseiras. A PM apreendeu um coquetel molotov.

Duas viaturas da PM foram acionadas e fizeram uma varredura nos prédios, mas nenhum suspeito foi preso. Um portão que foi instalado na última segunda-feira pode estar por trás das cenas de violência que ocorreram neste domingo. O Equitativa era usado há muitos anos por moradores do Morro dos Prazeres como via de acesso ao asfalto, mas a passagem passou a ser controlada.

De acordo com moradores do condomínio, na própria segunda-feira, o portão já havia sido parcialmente quebrado. Na sexta-feira, ele foi consertado e voltou a ser fechado. Um porteiro foi contratado para fazer o controle de veículos e pedestres. A atitude já teria causado revolta nos moradores dos Prazeres, que teriam quebrado novamente o portão e algumas câmeras do sistema de segurança.

Moradores devem se reunir com comando de UPP

O condomínio - que tem 136 apartamentos e foi criado na década de 1950 - parecia uma praça de guerra na noite de ontem. A portaria de um dos blocos ficou destruída. Um grande pedregulho e um pedaço de pau podiam ser vistos próximo à mesa onde ficava o zelador. Nesta segunda-feira pela manhã, um grupo de moradores pretende se reunir com o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) dos Prazeres para cobrar providências em relação à segurança da região. A unidade foi inaugurada pela Polícia Militar há pouco mais de um ano: em 25 de fevereiro de 2011.

A atriz Priscila Camargo, que já participou de novelas da TV Globo como "A Vida da Gente", contou que estava em casa quando houve a invasão. "Ouvi estouros de bombas e barulho de vidros quebrados. Apagamos as luzes de casa e ficamos trancadas num dos cômodos. A polícia chegou rápido, mas já não havia nenhum deles no condomínio. Estamos muito assustados", disse a atriz, que faz trabalhos voluntários no Morro dos Prazeres.

Morador de Santa Teresa, o deputado Chico Alencar (PSOL) afirmou que é preciso haver diálogo entre moradores do bairro e da comunidade: "Nada justifica o vandalismo, mas é preciso buscar o consenso."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.