Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A partir dessa quinta-feira (20), a comercialização de 73 planos de saúde e 15 operadoras será suspensa por determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A medida é uma resposta às reclamações de consumidores relativas ao não cumprimento de prazos máximos de atendimento, às negativas indevidas de cobertura e demais problemas na assistência. Outros 52 planos de saúde que estavam com a comercialização interrompida poderão voltar a ser comercializados, já que comprovaram melhoria no atendimento ao cidadão.

De acordo com a ANS, a suspensão da comercialização é uma medida preventiva de indução para que as operadoras melhorem a qualidade do atendimento oferecido aos beneficiários. Para avaliar o serviço prestado pelas operadoras, o órgão mantém um Programa de Monitoramento, no qual são registradas as reclamações dos consumidores.

A última etapa de monitoramento (entre os meses de março e junho desse ano) recebeu mais de 21 mil queixas. A maior parte, 44%, diz respeito às autorizações e negativas de procedimentos de saúde; 22% tem a ver com o descumprimento dos prazos máximos para atendimento e 12% está relacionada a problemas para obter o reembolso da operadora.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]