i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
São PAULO

Corpo de dom Paulo Evaristo Arns é sepultado após missa na Catedral da Sé

Corpo do cardeal ficará em cripta localizada abaixo do altar

    • Agência O Globo
    • 16/12/2016 19:37
     | MIGUEL SCHINCARIOL/AFP
    | Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP

    O corpo do cardeal dom Paulo Evaristo Arns, arcebispo emérito de São Paulo, foi sepultado no fim da tarde desta sexta-feira (16) na cripta da Catedral da Sé, região central da capital paulista. A cerimônia de sepultamento foi restrita a familiares, religiosos e autoridades presentes, mas pôde ser acompanhada por meio de telões por milhares de fiéis que lotaram a igreja e arredores.

    Antes do sepultamento, numa celebração de mais de duas horas presidida pelo arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer, religiosos de todo o país prestaram homenagens a dom Paulo, entre eles o arcebispo de Brasília, dom Sergio da Rocha, e do Rio, dom Orani Tempesta.

    “Seu legado é dom e tarefa. Nos estimula a caminhar seguindo seus exemplos”, afirmou dom Sérgio, que há poucos meses foi nomeado cardeal pelo Papa Francisco.

    Estiveram presentes os irmãos de dom Paulo, Zélia, Odília e Felipe, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, o governador e o prefeito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT) , além do prefeito eleito da cidade João Doria (PSDB). Na quinta-feira, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também compareceu ao velório.

    Dom Paulo foi sepultado na cripta abaixo do altar-mor onde estão dois arcebispos, 13 bispos, três padres e o cacique Tibiriçá, considerado o primeiro morador de São Paulo.

    O arcebispo emérito de São Paulo morreu na manhã da última quarta-feira, aos 95 anos, em decorrência de falência múltipla dos órgãos.

    Desde a noite daquele dia, ele foi velado ininterruptamente na catedral, onde foram celebradas missas a cada duas horas. Milhares de fiéis fizeram filas que se estendias até a praça da Sé para se despedir do cardeal.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.