Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A prefeitura de Curitiba detalhou ontem ao Ministério das Cidades cinco dos onze projetos de mobilidade urbana apresentados ao governo federal, no início do mês, em Brasília. Os projetos apresentados pela capital paranaense totalizam R$ 5,3 bilhões. Com a entrega dos documentos – milhares de folhas, reunidas em 25 volumes que, juntos, pesam 51 quilos –, Curitiba cumpre mais uma exigência da União antes do anúncio dos projetos e cidades contemplados no pacote de R$ 50 bilhões para obras de mobilidade anunciados pela presidente Dilma Rousseff.

No início do mês, a prefeitura havia apresentado 11 projetos – sem incluir o metrô – que juntos totalizavam R$ 3,25 bilhões.

A expectativa é de que os projetos escolhidos pelo governo federal sejam anunciados durante o mês de agosto. "Estamos atendendo a todas as exigências para demonstrar a viabilidade dos projetos apresentados por Curitiba. Com o sinal verde do governo federal, algumas destas intervenções podem ser imediatamente licitadas", afirma o secretário de Planejamento e Gestão, Fábio Scatolin.

Segundo a prefeitura, entre os projetos apresentados estão a instalação de um sistema BRT, novos terminais, anéis viários, trincheiras em pontos estratégicos, Linha Verde com cinco pistas para todos os tipos de veículos, um veículo leve sobre pneus movido a eletricidade e uma linha de metrô que atravessa a cidade de sul a norte – do Pinheirinho a Santa Cândida; e melhorias na circulação no Contorno Sul.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]