i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
clima

Defesa Civil alerta para baixa umidade em quatro estados e no Distrito Federal

  • PorAgência Brasil
  • 20/07/2009 17:54

A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, divulgou nesta segunda-feira (20) alertas de baixa umidade relativa do ar nos estados de Mato Grosso, do Tocantins, da Bahia e de Goiás e também no Distrito Federal, até quarta-feira (22). A Sedec informou que, para o Rio Grande do Sul, o alerta é de chuva forte a partir desta terça-feira (21).

Segundo a Sedec, até quarta-feira (22), a umidade relativa mínima ficará abaixo de 30%, especialmente no centro-sul e leste de Mato Grosso e no centro-sul do Tocantins. Em algumas localidades de Goiás, os índices podem ser mais críticos e chegar a 20%. A baixa umidade será causada pela presença de uma massa de ar seco nessas regiões.

No Rio Grande do Sul, áreas de instabilidade deverão provocar, a partir desta terça-feira (21), pancadas de chuva que irão atingir as regiões oeste e sul do estado. Há risco de temporais isolados, descargas elétricas, rajadas de vento entre 60 e 80 quilômetros horários e queda de granizo.

Para a população do Rio Grande do Sul, a Sedec recomenda atenção para o risco de alagamentos e enchentes nas áreas ribeirinhas, deslizamento de encostas, morros e barreiras. Além disso, as pessoas devem evitar lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios e ventos fortes.

Nos demais estados que receberam alertas da Sedec por causa da baixa umidade relativa do ar, são desaconselhadas atividades ao ar livre e exposição ao sol entre as 10 horas e as 17 horas, especialmente entre as 14 e as 16 horas, período do dia em que os índices ficam mais baixos. As pessoas devem tomar bastante líquido para evitar problemas de desidratação.

Além disso, como o tempo seco aumenta o risco de incêndios florestais, recomenda-se que não se façam fogueiras nas proximidades de matas e florestas. Os motoristas que trafegarem por regiões sujeitas a incêndios devem ter atenção redobrada devido à visibilidade reduzida pela fumaça e evitar jogar pontas de cigarros para fora dos veículos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.