i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Condições específicas

Deputados de Portugal aprovam cinco projetos que descriminalizam a eutanásia

  • PorGazeta do Povo
  • 20/02/2020 18:51
Portugueses protestam contra a descriminalização da eutanásia
Portugueses protestam contra a descriminalização da eutanásia| Foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP

Os deputados portugueses aprovaram nesta quinta-feira (5), na Assembleia da República, cinco projetos que descriminalizam a eutanásia em circunstâncias específicas. Foram definidas as condições em que a antecipação da morte deixará de ser passível de punição em Portugal. Manifestantes contrários à liberação da eutanásia protestaram em frente ao Parlamento antes e depois da votação (foto).

A eutanásia passa a ser permitida em Portugal nos casos em que o paciente está consciente para tomar essa decisão e que se trate de doença incurável ou fatal. Os projetos aprovados tratam ainda das regras para que a morte ocorra com assistência de um médico e com a utilização de substância letal.

Apesar da aprovação dos deputados, os projetos terão de ser sancionados pelo presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, para virarem lei. Se Sousa vetar, os deputados poderão derrubar o veto na Assembleia da República.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.