A taxa de desmatamento do Pantanal foi maior que o índice verificado na Amazônia entre 2002 e 2008, de acordo com um estudo inédito apresentando ontem pelo Ministério do Meio Ambiente. Dentro do período de seis anos, o Pantanal perdeu 2,82% de sua área, enquanto a Amazô­­nia teve 2,54% de sua área desmatada. Dos 151,3 mil km2 que compõem o Pantanal, cerca de 4,3 mil km2 foram desmatados entre 2002 e 2008.

De acordo com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, o Pantanal não conta com áreas de preservação como a Amazônia, o que dificulta o controle do desmatamento. Segundo ela, ainda não são claras as razoes que levaram ao desmatamento do Pantanal. "Pode ser a expansão dos pastos, a exploração do carvão vegetal ou outras razões que vamos analisar junto com os governos estaduais", disse. Até o fim do ano, estão planejadas dez operações contra o desmatamento para o Pantanal.

O Ministério do Meio Am­­biente divulgou também os municípios de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul que mais desmataram o Pantanal. As cinco cidades no topo desta lista são Corumbá (MS), Aqui­dauana (MS), Cáceres (MT), Santo An­­tônio do Leverger (MT) e Rio Verde Mato Grosso (MS).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]