Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Drone da  PRF localiza balão | PRF/Divulgação
Drone da PRF localiza balão| Foto: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) localizou nesta segunda-feira (15) o balão que caiu no Viaduto dos Padres, na altura do quilômetro 41, em Morretes, no final da tarde deste domingo (14). A suspeita é de que ele tenha vindo da cidade de Cubatão, em São Paulo, onde equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil se mobilizaram para monitorar o objeto voador para determinar a provável rota de queda.

O objeto gerou apreensão em quem o avistou. As primeiras imagens que a PRF recebeu davam conta de que seria um paraquedista ou um parapente.

Queda do balão foi flagrada por uma repórter da Gazeta do PovoAniele Nascimento/Arquivo Pessoal

Segundo o inspetor Maciel Júnior, as equipes do Corpo de Bombeiros de Morretes não conseguiram realizar o atendimento ao caso no final do dia. Pela manhã desta segunda, um drone da PRF sobrevoou o local e constatou que se tratava de um balão solar - que não possui a chama interna tradicional dos balões que causam danos ambientais.

“As imagens feitas pelo drone indicam que é um balão solar. Provavelmente o mesmo balão solar que sumiu de Cubatão no final do domingo e se deslocou em direção à Serra do Mar paranaense”, afirma Júnior.

De acordo com o jornal A Tribuna, que acompanhou o caso em São Paulo, por volta das 13h o vento mudou de direção e o balão se deslocou para o oceano. Ele também subiu dos 300 metros em que estava para 700 metros de altura. A preocupação é de ele poderia atingir a rota de aviões que chegam do Rio de Janeiro a São Paulo.

Durante toda a tarde, o alerta em São Paulo foi da possibilidade de um incidente mais grave, tanto em região de vegetação como na área urbana, onde estão o polo e a região portuária de Santos.

O balão caiu por volta das 17h em Morretes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]