Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Em Corupá, choveu 350mm em apenas 24 horas | Defesa Civil SC/ Divulgação
Em Corupá, choveu 350mm em apenas 24 horas| Foto: Defesa Civil SC/ Divulgação

Como ajudar

A Defesa Civil do Paraná criou uma campanha para arrecadar colchões, cobertores, roupas de cama, fraldas, água mineral, materiais de higiene e limpeza, roupas e cestas básicas para as pessoas afetadas pelas chuvas no estado. As doações podem ser entregues nas unidades da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros em qualquer cidade do Paraná. O Provopar também recebe as doações. Em Curitiba, os produtos mais solicitados são: alimentos não perecíveis, agasalhos, toalhas de banho e produtos de higiene e limpeza. Os locais para entrega estão no site www.doecalor.com.br.

A Região Norte de Santa Catarina também foi bastante prejudicada pela chuva constante neste fim de semana. De acordo com dados da Defesa Civil estadual, 21 cidades foram afetadas por alagamentos e deslizamentos de terra, e cerca de 2 mil famílias tiveram que ser desalojadas. Os municípios de Corupá, Rio dos Cedros, Jaraguá do Sul e Timbó decretaram situação de emergência. A Defesa Civil acredita que a tendência é de que aumente o número de municípios atingidos e em situação de emergência.

Em Corupá, a primeira cidade a decretar situação de emergência no estado, choveu 350 milímetros em 24 horas, entre sábado e domingo. Os municípios de Mafra, Canoinhas, Major Vieira, São Bento do Sul, Papanduva, Vitor Meireles, Porto União, Irineópolis, Apiúna, Rio Negrinho, Doutor Pedrinho, Itaiópolis, Caçador e Três Barras sofreram inundações e deslizamentos. Joinville e Blumenau também apresentam alagamentos.

"Desde segunda já estávamos fazendo o acompanhamento, e quando os técnicos da Epagri/Ciram nos apontaram uma tendência de chuva mais acentuada, começamos a passar as informações às defesas civis municipais", afirmou o diretor de prevenção da Secretaria de Estado da Defesa Civil, Fabiano de Souza.

Uma das cidades mais prejudicadas foi Guaramirim: na última contagem, alagamentos e deslizamentos de terra fizeram mais de 100 famílias saírem de suas casas. Na região de Jaraguá do Sul, que abrange Corupá, Massaranduba, Schroeder e Guaramirim, as aulas foram suspensas nas 31 unidades estaduais: três foram interditadas e as demais estão sendo usadas como alojamentos.

A previsão do centro da Epagri/Ciram (Cen­­tro de Informações de Recurso Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina) era de que a chuva, causada pelo deslocamento de uma frente fria, começasse a diminuir a partir da noite de domingo, devendo cessar completamente ainda na madrugada de hoje.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]