i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
“Lei da Igualdade”

Escolas no Reino Unido terão de ensinar “identidade de gênero” e relacionamento LGBT

  • PorGazeta do Povo
  • [16/09/2020] [11:02]
Escolas no Reino Unido terão de ensinar “identidade de gênero” e relacionamento LGBT
| Foto: Bigstock

Escolas do Reino Unido de ensino fundamental e médio começam a ensinar, de forma obrigatória, conteúdos sobre "identidade de gênero", famílias e relacionamentos LGBTs e educação sexual. Essa é uma das exigências previstas na “Lei da Igualdade”, aprovada em 2010, que teve sua aplicação para a educação regulamentada em abril de 2019, com medidas compulsórias a partir de setembro de 2020.

O relatório “Educação de Relacionamentos, Relações e Educação Sexual (RSE) e Educação em Saúde” traz orientações sobre como esses temas devem ser abordados pelas escolas. Ele foi produzido pelo Departamento de Educação, setor do governo responsável por assuntos na área de educação (da infantil até o ensino superior), proteção das crianças e igualdade. O documento será revisado somente daqui a três anos.

“As escolas são livres para determinar como entregar o conteúdo estabelecido neste guia, no contexto de um currículo amplo e equilibrado”, afirma o departamento, desde que cumpram a Lei da Igualdade, na qual consta, além do respeito à orientação sexual, a proteção à mudança de gênero.

“As escolas devem garantir que todo o seu ensino seja sensível e adequado à idade com relação à abordagem e ao conteúdo. No ponto em que as escolas consideram apropriado ensinar seus alunos sobre LGBTs, eles devem garantir que este conteúdo esteja totalmente integrado em seus programas de estudo para esta área do currículo, em vez de ministrados em lições isoladas. As escolas são livres para determinar como fazem isso, e esperamos que todos alunos que tenham aprendido conteúdo LGBT em tempo hábil como parte desta área do currículo”, diz o relatório.

Escolas primárias do Reino Unido

Sobre a abordagem nas escolas de ensino fundamental do Reino Unido, o documento afirma que as crianças precisam ser ensinadas sobre os tipos de relacionamentos positivos, tais como a amizade e as relações familiares, respeito, e segurança ao navegar na internet, entre outros temas. O mesmo tópico destaca que os professores precisam ter sensibilidade ao ensinar sobre família e que devem levar em consideração que os alunos podem conviver com diferentes estruturas familiares, tais como “famílias monoparentais, pais LGBT, famílias lideradas por avós, pais adotivos, responsáveis e outras”. O texto salienta que é preciso ter cuidado para não estigmatizar as crianças que vivem nessas estruturas.

Diz o texto que, ao fim da escola primária, o aluno deve saber que “as famílias de outras pessoas, seja na escola ou no resto do mundo, às vezes parecem diferentes de sua família, mas que deveriam respeitar essas diferenças e saiba que as famílias de outras crianças também são caracterizados por amor e cuidado”.

Em outro ponto, afirma que as instituições de ensino devem ensinar aos alunos sobre como reconhecer e denunciar abusos de todos os tipos, incluindo emocional, físico e sexual. O enfoque desses temas nas escolas primárias se dará a partir de questões relacionadas a limites e privacidade.

De acordo com o Departamento de Educação, os pais podem solicitar que os filhos não assistam às aulas que tratam da educação sexual. Mas a decisão caberá somente até os 15 anos, pois está previsto que os alunos - com ou sem o consentimento dos país - tenham alguns conteúdos antes dos 16 alunos. A partir dessa idade, os adolescentes não serão dispensados das atividades que tratam de educação para relações e educação para saúde.

Educação sexual no ensino médio

Alunos que cursam o equivalente ao ensino médio também, obrigatoriamente, terão aulas sobre educação sexual. Entre os conteúdos, diz o documento, os alunos devem ser ensinados sobre relacionamentos saudáveis (íntimos ou não), métodos contraceptivos, desenvolvimento de relações íntimas, como resistir à pressão para fazer sexo e como não pressionar alguém a ter relações sexuais.

“A RSE [Relações e Educação Sexual] eficaz não incentiva a experimentação sexual precoce. Deveria ensinar os jovens a compreender a sexualidade humana e a respeitar a si próprios e aos outros. Isto permite que os jovens amadureçam, desenvolvam sua confiança e autoestima e compreendam as razões para atrasar a atividade sexual. RSE eficaz também apoia as pessoas, em toda a vida, para desenvolver relações sexuais seguras, gratificantes e saudáveis, no momento apropriado”, salienta o relatório.

O documento também é claro sobre o que deve constar no currículo do ensino médio do Reino Unido com relação à “identidade de gênero”: “os alunos devem ser ensinados sobre os fatos e as leis sobre sexo, sexualidade, saúde sexual e identidade de gênero de uma forma inclusiva e apropriada para a idade. Todos os alunos devem sentir que o conteúdo é relevante para eles e sua sexualidade em desenvolvimento. Orientação sexual e identidade de gênero deve ser explorada em um momento oportuno e de forma clara, sensível e maneira respeitosa. Ao ensinar sobre esses tópicos, deve-se reconhecer que os jovens podem estar descobrindo ou entendendo sua orientação sexual ou identidade de gênero. Deve haver oportunidades iguais para que [os conteúdo] explorem as características de relacionamentos estáveis ​​e saudáveis ​​com pessoas do mesmo sexo. Isso deve ser integrado de forma adequada ao programa de RSE, ao invés de abordado separadamente ou em apenas uma lição”.

As instituições de ensino também precisam esclarecer o que a lei no Reino Unido diz sobre a idade de consentimento para o sexo - 16 anos -, o que é consentimento e o que não é, estupro e assédio sexual. Também há uma referência indireta ao aborto, pois o relatório afirma que os estudantes secundaristas precisam saber quais são as “opções permitidas pela lei em relação à gravidez”.

7 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]
Tudo sobre:

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 7 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • P

    Paulo Henrique

    ± 30 minutos

    Numa palavra: podre.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MAURO FONSECA DE MACEDO

    ± 2 horas

    Ai, ai, ai... realmente cansativa esta história. Da qui há pouco as escolas terão que ensinar que a terra pode ser plana, que a soma de 1 + 1 pode ser o resultado que você quiser, se achar que o sol é quadrado "faça-se o seu desejo"...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Gregório

    ± 2 horas

    Em breve seremos mais "avançadinhos" do que em Sodoma e Gomorra.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carmo Augusto Vicentini

    ± 3 horas

    Vem meteoro...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Allan Jose Alves

    ± 4 horas

    E disso que o Brasil livrou-se quando deu um cavalo de pau e elegeu Bolsonaro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Michele Nogueira da Rocha

    ± 5 horas

    Basta ver a geração que estão formando por lá! É sempre assim a esquerda ataca forte no ensino. E dominou. Os jovens não se dão mais qualquer valor. E as relações cada vez mais frias! Não querem correr o risco de voto de “ gente ultrapassada”. Em uma cidade pequena de UK havia 5 meninas trans indo juntas tomar hormônios( reportagem CNN). Foram estimuladas, claro. Muito triste esse controle ...imperdoável.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ANDERSON CARDOSO

    ± 5 horas

    É BOM NEM COMENTAR!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.