O movimento ainda é alto nas estradas que cruzam o Paraná nesta quinta-feira (27). Na BR-277, entre Curitiba e o Litoral paranaense, 1,2 veículos trafegam por hora na rodovia, volume que se manteve durante todo o dia e deve seguir à noite. Segundo a Ecovia, concessionária que administra o trecho, entre 15 e 16 horas foram registrados picos de tráfego de 1,6 mil veículos.

Um tombamento de caminhão nas proximidades do km 30 da rodovia pode provocar lentidão, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Conforme a instituição, o acidente aconteceu fora da pista, mas alguns motoristas podem diminuir a velocidade no trecho, provocando congestionamento. Até as 20 horas, não havia registro de filas no local.

O fluxo de veículos também é alto nas BRs-376, 116 e 101, segundo a Autopista Litoral Sul. Conforme a concessionária, há 4 km de lentidão na BR-376 na região de São José dos Pinhais sentido Palhoça-SC e o tráfego segue intenso em todo o trecho. Conforme a Litoral Sul, na pista sentido Curitiba, não há restrições.

Na BR-101, o tráfego é lento na região de Garuva em direção à capital do Paraná, principalmente entre os kms 10 e 5. Segundo a concessionária, a lentidão é ocasionada por obras na ponte sobre os rios Gancho e Ganchinho.

BR-116

Já no Contorno Leste da BR-116, o tráfego é lento no sentido Foz do Iguaçu, principalmente entre os km 98 e 103, na região de São José dos Pinhais. Em direção a Curitiba, há lentidão entre os km 114 e 102, também no município da região metropolitana. Segundo a concessionária, os pontos de lentidão são ocasionados pelo excesso de veículos na pista.

Também há grande fluxo de veículos na BR-116 sentido São Paulo. Segundo a Autopista Regis Bittencourt, que administra o trecho, no final da tarde, havia lentidão na região de Campina Grande do Sul e em Miracatu-SP, devido ao grande número de veículos circulando pela rodovia.

Interior

Na BR-277, que liga Curitiba ao interior o estado, 2,6 mil veículos trafegavam pelos dois sentidos da rodovia durante a manhã. O número é acima do esperado para a data, segundo a concessionária que administra o trecho. De acordo com a Rodonorte, dos 2,6 veículos, 1,4 seguiam para Curitiba e os demais em direção ao interior.

Ainda conforme a concessionária, há pontos de lentidão na região de São Luiz do Purunã pelo excesso de veículos na pista. A Rodonorte acredita que o motorista tenha adiantado a viagem do feriado de Ano Novo para evitar o movimento desta sexta-feira, que deve ser intenso.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]