Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa| Foto: Bigstock

Um documento do governo de Rondônia determinava o recolhimento de 43 livros das bibliotecas das escolas públicas. A lista era composta por clássicos de Machado de Assis, Mario de Andrade, Euclides da Cunha, entre outros, e também obras de escritores estrangeiros. Após a informação ter vazado nesta quinta-feira (6), pessoas ligadas ao governo de RO negaram o fato e disseram se tratar de fake news. Mais tarde, depois da confirmação da existência do memorando, o posicionamento oficial passou a ser de que o documento não tinha sido assinado pelo secretário estadual da Educação.

Obras como Memórias Póstumas de Brás Cubas, Macunaíma e Os Sertões foram classificadas como “conteúdos inadequados às crianças e adolescentes”. Veja a lista completa dos livros que seriam recolhidos.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, o documento estava em nome do secretário de educação de Rondônia, Suamy Lacerda de Abreu, mas a assinatura eletrônica no sistema interno do Executivo de Rondônia era da diretora de educação da pasta, Irany de Oliveira Lima Morais, cargo que corresponde ao terceiro posto na hierarquia da pasta. Eles não se manifestaram sobre a questão.

Professores e funcionários conseguiram acessar o documento no sistema interno do Executivo de Rondônia. Mas, às 14h15, ele passou a ser designado como “restrito”.

"As coordenadorias [das escolas] receberam mensagens já pedindo para que os livros fossem separados porque passariam para recolher", revelou um professor, que pediu para não ser identificado, ao O Estado de S. Paulo.

Em algumas escolas, os livros já estavam separados e armazenados em caixas para serem recolhidos. No fim da tarde, porém, as instituições receberam a mensagem de que a ação foi cancelada.

O governador de Rondônia é o coronel Marcos Rocha (PSL), que já foi chefe do Centro de Inteligência da PM-RO e secretário municipal de educação de Porto Velho.

O memorando trazia as seguintes informações:

"Solicitamos aos senhores que verifiquem nos kits de livros paradidáticos encaminhados às escolas para compor o acervo das bibliotecas, os livros relacionados no Adendo ID (10053329), e procedam com o recolhimento dos mesmos imediatamente, tendo em vista conterem conteúdos inadequados às crianças e adolescentes.


Na oportunidade, ressaltamos a importância de estarem atentos as demais literaturas já existentes ou que chegam nas escolas para uso nas atividades escolares, a fim de que sejam analisadas e assegurados os direitos do estudante de usufruir do mesmo com a intervenção do professor ou sozinho sem constrangimentos e desconfortos.


Solicitamos que após o recolhimento dos livros pela CRE, os mesmos sejam entregues ao Núcleo do Livro Didático/GEB/DGE/Seduc."

Veja a lista dos livros que deveriam ser recolhidos das escolas

12 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]