i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Saúde pública

Hospital Evangélico reabre pronto-socorro após 22 horas

Chegada de um carregamento de oxigênio normalizou a situação no fim da tarde desta terça (26)

  • PorAngieli Maros e Naiady Piva, especial para a Gazeta do Povo
  • 26/08/2014 12:31
Pronto-socorro do Hospital Evangélico fechou pela segunda vez em oito dias | Divulgação/Hospital Evangélico
Pronto-socorro do Hospital Evangélico fechou pela segunda vez em oito dias| Foto: Divulgação/Hospital Evangélico

Hospital do Trabalhador

O pronto-socorro do Hospital do Trabalhador (HT), em Curitiba, está sem receber pacientes que precisarem passar por exames de tomografia nesta terça-feira (26).

A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa) informou o a manutenção do aparelho que realiza este tipo de exame está deve ficar pronta ainda nesta terça-feira.

Pacientes que necessitam do exame foram levados de ambulância para o Hospital do Idoso Zilda Arns, segundo informações da Prefeitura de Curitiba.

O pronto-socorro do Hospital Evangélico voltou a atender novos cassos no final da tarde desta terça-feira (26). Um carregamento de oxigênio chegou ao local em torno das 18h30.

O entrega do produto foi suspensa por atraso no pagamento à empresa que fornece oxigênio ao hospital. Além de interromper a entrada de novos pacientes pela urgência e emergência, o baixo estoque levou ao cancelamento de cirurgias.

Esta é a segunda vez que o pronto-socorro do Evangélico fecha as portas em oito dias. Na semana passada, a instituição interrompeu o atendimento por 24 horas, alegando falta de medicamentos para atender aos pacientes.

O Evangélico argumenta que os valores repassados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para compra de insumos estão defasados, e não acompanham a alta dos preços praticados pelos fornecedores. O sistema responde por 92% dos atendimentos da instituição.

Responsável por administrar a verba do SUS, a prefeitura de Curitiba informou em nota que os repasses dos serviços estão sendo feitos regularmente. A administração relata que as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) 24 Horas da rede municipal estão funcionando normalmente. Além do Evangélico, os hospitais do Trabalhador e Cajuru recebem pacientes da urgência e emergência.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.