Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A morte de 11 bebês por infecção em menos de um mês e meio acionou o alerta no Hospital Regional da Asa Sul, em Brasília. Os bebês eram prematuros ou com má-formação. Estavam internados na UTI neonatal. Ontem, havia 10 bebês isolados na unidade igualmente contaminados. Por ora, as mortes não foram atribuídas à superbactéria Kleb­siella pneumoniae carbapenemase (KPC). Já foram identificados casos de infecção em sete estados e no Distrito Fede­ral. Segundo a Agência Nacio­nal de Vigilância Sanitária, 42 pessoas morreram em decorrência da KPC no Distrito Federal e em São Paulo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]