A Casa de Custódia de Piraquara recebe a partir desta segunda-feira (9) o maior mutirão carcerário do ano, conforme informou a Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Paraná (Seju). A previsão é de que até sexta-feira (13) sejam analisados cerca de 10 mil pedidos de benefícios dos presidiários.

A ação será coordenada por três juízes e uma equipe de 26 funcionários, afirmou a secretaria. Entre os pedidos avaliados estarão os de progressão de pena para o regime semiaberto, de liberdade condicional e de remissão de pena.

Segundo o Judiciário, este é o 25.º mutirão realizado desde junho de 2011. Até agora, a secretaria informou ter analisado 25.978 processos e deferido 8.314 benefícios. Ao todo, foram concedidos 5.534 alvarás de soltura.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]