i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Transportes e Comunicação

Ministros vêm ao Noroeste para liberar obra da Estrada Boiadeira

Paulo Passos e Paulo Bernardo estarão em Cruzeiro do Oeste na quinta-feira (2) para a assinatura da ordem de serviço da BR-487, obra que já dura 25 anos

  • PorFábio Guillen
  • 01/02/2012 13:52

Os ministros Paulo Passos (Transportes) e Paulo Bernardo (Comunicação) devem chegar à região Noroeste do estado nesta quinta-feira (2) para a assinatura da ordem de serviço da BR-487, conhecida como Estrada Boiadeira. A previsão é que ambos estejam às 10h30 em Cruzeiro do Oeste, a aproximadamente 130 quilômetros de Maringá. O diretor geral do Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (Dnit), Jorge Fraxe, não confirmou presença, segundo a assessoria do Dnit.

A ordem de serviço a ser assinada, segundo a assessoria do Ministério dos Transportes, é para a construção e pavimentação da BR-487. Após a assinatura da ordem de serviço os ministros seguem para Foz do Iguaçu, onde às 15h30 entregam a restauração da BR-469.

O trecho rodoviário da BR-469 entre Porto Camargo (na Divisa com o Mato Grosso do Sul) e Campo Mourão, passando por Cruzeiro do Oeste, tem extensão de 186,9 km e foram divididos em 5 lotes de construção. A assessoria do Ministério dos Transportes não informou quais lotes serão contemplados com a assinatura da ordem de serviço.

Estrada Boiadeira: uma obra que já dura 25 anos

A BR-487 ligaria a região a Porto Camargo, no Mato Grosso do Sul, servindo de alternativa para o transporte de produtos agropecuários do estado vizinho para as indústrias do Paraná ou para o Porto de Paranaguá.

Os trabalhos de pavimentação da Estrada Boiadeira já duram quase 25 anos. O asfaltamento da rodovia foi iniciado em 1986 e, desde então, passou por várias interrupções. Em 2003 o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a suspensão da obra por causa de suspeitas de fraude na licitação. Seis anos se passaram até que as obras fossem retomadas pelo Governo Federal.

As obras foram reiniciadas mais uma vez em março de 2009, no trecho entre Tuneiras do Oeste e Cruzeiro do Oeste. No entanto, o TCU identificou uma alteração indevida no contrato das obras, e, seis meses depois da retomada, dos trabalhos, as obras na Boiadeira foram mais uma vez interrompidas.

Somente 30 quilômetros entre Campo Mourão e o distrito de Nova Brasília (em Araruna), estão prontos. Falta asfaltar 40 quilômetros de Nova Brasília a Cruzeiro do Oeste e todo restante do trecho, cerca de 75 quilômetros até o Mato Grosso do Sul.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.