i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Eleições 2010

Osmar chama Richa de imaturo por antecipar nome de secretário

Durante visita a Maringá, o candidato ao governo do Paraná Osmar Dias (PDT) criticou a postura de Beto Richa (PSDB), que anunciou a nomeação de seu vice, Flávio Arns (PSDB), como secretário da Educação, caso vença as eleições

  • PorMarcus Ayres
  • 15/09/2010 11:31
Caso vença o pleito, Dias ressaltou que tem como compromisso colocar um  profissional do ensino público como secretário de educação | Ivan Amorin/Gazeta do Povo
Caso vença o pleito, Dias ressaltou que tem como compromisso colocar um profissional do ensino público como secretário de educação| Foto: Ivan Amorin/Gazeta do Povo

Agenda no Noroeste e Centro-Oeste do estado

Nesta quarta-feira, Osmar Diascumpre uma extensa agenda nas regiões Noroeste e Centro-Oeste do estado. Pela manhã, ele participou de uma carreata em Paiçandu e de uma reunião com professores em Maringá. À tarde, ele segue para Nova Esperança (onde participa de carreata), Mandaguari (inauguração de comitê), e volta para Maringá, onde participa de uma reunião com funcionários da Copel e Sanepar. À noite, Dias segue para Campo Mourão, onde participa de um comício

O candidato do PDT ao governo do Estado, Osmar Dias, esteve nesta quarta-feira (15) em Maringá, onde criticou a postura do candidato Beto Richa (PSDB), que, na terça-feira (14), anunciou a nomeação de seu vice, Flávio Arns (PSDB), como secretário de Estado da Educação, caso seja eleito.

Para Dias, a postura do tucano foi um sinal de imaturidade. "Quem anuncia secretário antes de ganhar eleição mostra que não está maduro para ser candidato. Primeiro precisa ganhar para, depois, anunciar", afirmou durante visita à sede da Cocamar Cooperativa Agroindustrial.

O pedetista ainda ressaltou que, caso vença o pleito, tem como compromisso colocar um profissional do ensino público como secretário de educação. "Isso é para mostrar o respeito que tenho e o valor que eu dou para os profissionais que fizeram dessa educação pública a melhor do Brasil".

Para Osmar, presença de ministro em campanha é normal

Osmar Dias também comentou o apoio recebido do Ministro da Pesca, Altemir Gregolin, durante encontro com lideranças do setor na terça-feira (14), em Curitiba. O evento, que constava como compromisso de campanha de Dias, não estava na agenda oficial do ministro. Oficialmente, Gregolin foi à capital paranaense para participar da teleaula inaugural dos cursos técnicos em Pesca e Aquicultura, modalidade Educação à Distância (EAD).

"Ele estava em uma reunião com os pescadores artesanais do Paraná, e eu fui convidado para participar do almoço. Acho que a parceria que nós temos com o governo federal está sendo demonstrada com a vinda dos ministros, do presidente da República, e isto é normal. Seria bastante anormal se o ministro viesse apoiar o candidato adversário". Crescimento nas pesquisas

Dias credita parte de seu crescimento nas pesquisas à participação mais efetiva do presidente Luis Inácio Lula da Silva na campanha. "Tenho certeza que o Lula motivou muita gente a ver que o projeto que ele implantou no país é o projeto que nós queremos dar continuidade no Paraná".

Mesmo com a elevação nas intenções de voto, o pedetista não quis comemorar. "Eu não comento pesquisas, mas estou muito feliz com o movimento que eu vejo pelo Estado e a possibilidade de chegarmos a frente no dia 3 de outubro. Agora, nós fazemos campanha para ganhar as eleições no dia da eleição. Quem comemora o resultado antes pode ficar triste".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.