i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Avenida Itororó

Polícia investiga desmanche e furto de uma casa inteira em Maringá

Dono acredita que a casa de madeira foi desmanchada durante o feriadão, pois só percebeu nesta terça que o terreno estava vazio

  • PorHélio Strassacapa
  • 08/09/2009 15:31

A Polícia Civil investiga o furto de uma casa de madeira inteira que ficava localizada na Avenida Itororó, em Maringá. O desmanche deve ter ocorrido durante o feriadão, visto que somente na manhã desta terça-feira (8) o proprietário passou pelo local e percebeu que o terreno onde a casa de madeira estava construída encontrava-se vazio.

Ainda segunda a polícia, ao registrar o boletim de ocorrência, o dono disse que a residência estava alugada para uma família. Apenas algumas telhas espalhadas ficaram no quintal. Ainda não há pistas de quem desmanchou a casa e levou embora.

Caso parecido em Astorga

No começo do ano a polícia de Astorga registrou outro furto parecido. Um jovem de 19 anos foi preso depois de ter invadido uma casa de madeira e tê-la vendido a uma madeireira da região noroeste . Willian Almeida dos Santos foi surpreendido na propriedade rural, onde ficava a residência, pelo dono do imóvel. A polícia prendeu o rapaz em flagrante, por furto, e outros dois homens envolvidos na compra da madeira da casa, por receptação.

De acordo com o delegado regional de Astorga, Acácio de Azevedo, Santos teria invadido a propriedade rural, próximo ao distrito de Içara. "Sem mostrar qualquer documentação da residência ele a vendeu para uma madeireira da cidade", disse o delegado. A casa foi totalmente desmanchada e vendida por R$ 600, mas, segundo a polícia, a pequena residência estaria orçada em aproximadamente R$ 4 mil.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.