i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
sistema carcerário

Motins em presídios do Paraná acabam sem feridos

  • PorAngieli Maros e Antonio Senkovski
  • 22/07/2014 21:11

O motim organizado por 16 presos da Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu I (PEF I), no Oeste do Paraná, terminou por volta das 16 horas de ontem – seis horas após o início da ocorrência. De acordo com a Secretaria de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju), os dois agentes feitos reféns foram liberados sem ferimentos. O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen) disse, no entanto, que um deles sofreu um corte na mão.

O motim foi encerrado depois que a reivindicação dos presos foi atendida. Eles exigiam transferência para outras penitenciárias do estado. Quatro detentos participaram das negociações, que envolveram também a Polícia Militar, a Defensoria Pública e a direção da unidade.

Com o acordo, a Seju informou que, ainda ontem, dez homens seriam levados à Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu II (PEF II), quatro para a Penitenciária Estadual de Londrina II (PEL II), um para a Penitenciária Estadual de Cascavel (PEC) e outro para a Penitenciária de Francisco Beltrão.

Piraquara

Outra confusão foi registrada na Região Metropolitana de Curitiba. Presos que participaram de um motim fizeram um agente penitenciário refém na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Piraquara. O "movimento" ocorreu no Bloco 1 do complexo, na primeira galeria, começou por volta das 9h30 e terminou perto das 13h30, sem feridos.

Segundo o Sindarspen, dos três agentes feitos reféns nesta terça-feira, um sofreu um leve corte na mão. Os outros dois não tiveram ferimentos.

Levantamento feito pela entidade aponta que desde dezembro do ano passado, o sistema carcerário do Paraná enfrentou 15 rebeliões com 22 agentes penitenciários feitos reféns.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.