i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Rio de Janeiro

Operação da polícia apreende mais de mil máquinas caça-níqueis

Cerca de 600 agentes participaram da ação que mobilizou delegacias de várias regiões do estado. Máquinas estão em depósito na Polinter

  • PorG1/Globo.com com informações do RJTV
  • 20/04/2010 16:29

Em uma megaoperação da Polícia Civil nesta terça-feira (20), mais de mil máquinas de caça-níqueis foram apreendidas. Cerca de 600 agentes participaram da ação que contou com a colaboração de cem delegacias de várias regiões do Rio. Em uma oficina, em Vicente de Carvalho, no subúrbio do Rio, foram encontradas cem máquinas de jogos de azar. A maioria estava em manutenção.

Até o início da noite desta terça-feira (20), a Polícia Civil contabilizava 1.088 equipamentos apreendidos. A operação desta terça aconteceu após uma reunião entre o governador Sérgio Cabral, o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, e o superintendente da Polícia Federal, Ângelo Gioia. No encontro, as autoridades chegaram a um consenso que, para derrotar a máfia do jogo, não bastam operações isoladas, e sim um trabalho de constante repressão.

As máquinas de caça-níqueis, apesar de proibidas, ficam expostas ao alcance de qualquer pessoa, principalmente em bares. Os equipamentos apreendidos nesta operação foram levados para um galpão no Cais do Porto, na Avenida Francisco Bicalho, na Zona Portuária.

Na última semana, a Polícia Federal prendeu 19 pessoas suspeitas de envolvimento com o jogo ilegal nas cidades de São Gonçalo e Niterói, na Região Metropolitana. Entre os presos, estão o presidente da escola de samba Vila Isabel, Wilson Ferreira Alves, conhecido como Moisés, além de sete policiais militares.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.