i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Em todo o estado

Polícia lança nova edição da Operação Três Planaltos

Objetivo é retirar drogas, armas e combater o crime para a redução de assassinatos

  • PorRodrigo Batista
  • 25/09/2014 17:05

A Polícia Militar lançou na tarde desta quinta-feira (25) mais uma edição da Operação Três Planaltos, que pretende retirar de circulação drogas, armas, além de prender suspeitos de tráfico e de outros crimes que estejam a solta.

A operação, assim como nas outras edições já lançadas, ocorre em todo o Paraná, com uso de todos os batalhões da corporação, além da participação de outros órgãos da segurança pública, como Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Receita Federal. Ao todo, são empregados na operação, 1,2 mil policiais militares no estado, segundo o coronel da PM Péricles de Matos.

Segundo Matos, os trabalhos realizados pela PM a partir desta quinta-feira ainda não têm data para serem encerrados. "Essa é uma operação que é consequência de vários trabalhos realizados por outras forças de segurança, em especial pela Polícia Civil". De acordo com o coronel, o principal objetivo é chegar aos pequenos traficantes nos municípios paranaenses.

Ainda segundo o coronel, essas operações têm como meta a redução tanto no tráfico de drogas quanto nos assaltos, furtos e homicídios, por causa da retirada de drogas, armas e suspeitos das ruas. "Os policiais são colocados em pontos estratégicos. Nós temos uma análise do crime para chegar a algumas regiões e executar a operação", explica.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

    Fim dos comentários.