Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida e Cidadania
  3. Procissão da padroeira do Paraná reúne 150 mil fiéis em Paranaguá

Litoral

Procissão da padroeira do Paraná reúne 150 mil fiéis em Paranaguá

Centenas de ônibus lotados de fiéis vieram para o litoral somente para participar da romaria. A procissão, que faz parte das comemorações da 199ª Festa em homenagem a Santa, é a segunda maior do Brasil

  • Sandra Terena, especial para a Gazeta do Povo
Segundo informações da administração do Santuário do Rocio, 500 mil pessoas já passaram pelo Santuário nesses dias da festa, que tem programação até o dia 18 de novembro |
Segundo informações da administração do Santuário do Rocio, 500 mil pessoas já passaram pelo Santuário nesses dias da festa, que tem programação até o dia 18 de novembro
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A procissão solene em homenagem a Nossa Senhora do Rocio, padroeira do Paraná, de acordo com a organização do evento, reuniu 150 mil pessoas em Paranaguá, litoral do estado. Centenas de ônibus lotados de fiéis vieram para o litoral somente para participar da romaria. A procissão, que faz parte das comemorações da 199ª Festa em homenagem a Santa, é a segunda maior do Brasil, atrás apenas da procissão do Círio de Nazaré. Segundo informações da administração do Santuário do Rocio, 500 mil pessoas já passaram pelo Santuário nesses dias da festa, que tem programação até o dia 18 de novembro.

A imagem da Santa saiu do Santuário do Rocio com destino a Igreja Catedral, edificada em 1578. Alguns fiéis fizeram o percurso, de aproximadamente dois quilômetros, de pés descalços, muitos pais participaram da procissão com seus filhos no colo. Além dos romeiros, muitos moradores da cidade acompanharam emocionados a passagem da imagem da Santa pelas ruas de Paranaguá.

A devota Rosana Henrique Otoni, de 39 anos, veio pela primeira vez à Paranaguá para participar da procissão. Ela saiu do Rio de Janeiro, e viajou 18 horas para pagar sua promessa. “Quando eu estava grávida tinha feito exame e mostrava que meu filho nasceria deformado. O problema era tão grave que o médico me deu indicação para fazer aborto”, afirma.

Ela disse ainda que recebeu de uma amiga a novena de Nossa Senhora do Rocio e fez uma promessa. Hoje, seu filho Israel Lucas de três anos é uma criança saudável. “Estou muito feliz de participar da procissão. É uma emoção muito grande estar aqui, eu sou uma prova viva de que tive a minha graça alcançada pela Nossa Senhora do Rocio e estou com a sensação de missão cumprida”, afirma.

O reitor do Santuário Estadual do Rocio, padre Sérgio Campos, destaca que a procissão é um evento de milagres. “Aqui hoje muitas pessoas estão agradecendo à nossa Rainha pelas graças recebidas. É uma procissão que no ano que vem fará duzentos anos. É um mar de gente formado pelos devotos de Nossa Senhora do Rocio, é uma emoção muito grande que toma conta do nosso coração. A procissão é uma verdadeira manifestação de amor e carinho”, disse.

A professora parnanguara, Roseli Rosa, de 63 anos, é devota de Nossa Senhora do Rocio e participa da procissão solene desde seus 13 anos de idade. A tradição foi herdada pelos pais. “Comecei a participar da procissão ainda menina e tenho inúmeras graças atendidas. Uma delas foi tirar meu filho do mundo das drogas. Ele está reabilitado e hoje está comigo participando deste evento maravilhoso. Agradeço à nossa padroeira por mais esta graça alcançada”, disse.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE