Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Polícia Civil prendeu na quarta-feira (26) quatro suspeitos de roubar uma loja de motos em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, durante a festa de inauguração do estabelecimento. Foram presos Wagner Ribeiro Kaiser, 24 anos, Emerson Daniel Suzena, 23, Genivaldo Macedo Cruz, 22, e Alessandro Machado Holubenko, 22. Também foram apreendidas duas adolescentes.

A quadrilha é acusada de roubar o comércio de motocicletas por volta das 22h de terça-feira (25). Durante a festa particular promovida pelo dono da loja recém-inaugurada, Suzena e Holubenko invadiram o estabelecimento armados. Um terceiro bandido dava cobertura do lado de fora do imóvel. Considerados ousados pela polícia, os criminosos estavam sem capuz. Cerca de dez pessoas foram rendidas e forçadas a darem os celulares, dinheiro e cartões de crédito. Também foi levada uma caminhonete Toyota Hilux de um cliente da loja.

A dupla identificada (Suzena e Holubenko) foi presa em Araucária, cidade da grande Curitiba, na tarde de quarta. Eles apontaram onde estava Kaiser, suposto mentor do crime que teria encomendado o roubo da caminhonete. Kaiser foi localizado também em Araucária dirigindo um veículo Ford Ecosport junto de Cruz. No carro havia objetos das vítimas e 375 gramas de maconha.

Os investigadores da Delegacia de Campo Largo ainda se depararam com adolescentes fazendo compras com os cartões das vítimas. Segundo o delegado de Campo Largo, Voltaire Garcia, elas compraram principalmente roupas. Os objetos foram devolvidos às lojas.

Os quatro homens serão autuados por estelionato, roubo, formação de quadrilha e corrupção de menores. A dupla presa no Ecosport ainda deve responder por tráfico de drogas. De acordo com a Delegacia de Campo Largo, Suzena já respondeu por uma tentativa de homicídio. Kaiser e Holubenko cumpriram pena anterior por crime de receptação. As adolescentes foram encaminhadas para a Delegacia do Adolescente.

Garcia diz que as investigações seguem no sentido de prender outros membros da quadrilha e de localizar a caminhonete. "Com a divulgação dos nomes desses criminosos, acreditamos que outras vítimas aparecerão", afirma o delegado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]