Um casal foi vítima de um sequestro-relâmpago no fim da tarde desta terça-feira (2) na Alameda dos Maracatins, em Moema, na Zona Sul de São Paulo. O sequestrador circulou com os dois no carro deles, em seguida os abandonou e entrou em um supermercado onde que fez um saque com o cartão das vítimas. Ele foi preso dentro da loja.

A mulher esperava no carro enquanto o marido fazia um depósito em uma agência bancária de Moema quando foi abordada pelo criminoso. Ao voltar do banco, o marido também foi rendido e colocado no porta-malas do veículo.

Na região da Avenida Abrão de Morais, o bandido liberou o casal e o carro, levando aproximadamente R$ 100 em dinheiro, o cartão e a senha das vítimas. Ele foi a pé até o Carrefour da Avenida Ricardo Jafet. Depois que foram soltos, o homem e a mulher comunicaram o ocorrido a uma base da Polícia Militar.

Com a descrição do sequestrador em mãos, os policiais conseguiram localizá-lo dentro do supermercado, onde existe um caixa-eletrônico. O sequestrador, que portava uma pistola, não tentou reagir, de acordo com o PM Ricardo Pereira Leite, que participou da ação. O criminoso ainda sacou R$ 500. A polícia informou que não houve tiroteio dentro do mercado.

Em nota, O Carrefour confirmou que o sequestro-relâmpago teve continuidade dentro da loja, mas afirmou que "as autoridades competentes já capturaram o suspeito e as medidas cabíveis foram tomadas". O mercado funcionou normalmente.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]