i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Internet

Site da Secretaria de Segurança do Paraná permanece fora do ar

Página da Sesp foi invadida no domingo por um hacker. De acordo com a Celepar, a falha que permitiu o acesso de invasor ao sistema já foi resolvida

  • PorCélio Yano
  • 23/09/2008 06:52

O site da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Paraná (Sesp) permanece fora do ar, mais de 45 horas após ter sido invadido por hackers, no início da tarde de domingo (21). Por volta das 19h desta terça-feira (23), quem tenta acessar o endereço www.sesp.pr.gov.br ainda encontra a mensagem de "Sistema em manutenção".

De acordo com a Companhia de Informática do Paraná (Celepar), responsável pelo gerenciamento do setor de informática do governo do estado, a falha que permitiu o acesso dos invasores ao sistema já foi resolvida, e o servidor está a disposição da Sesp para a restauração das páginas. A assessoria de imprensa da companhia informou que a Celepar apenas hospedava o site, que foi desenvolvido e era administrado por uma empresa particular, contratada pela secretaria.

Técnicos confirmaram que o IP (protocolo que identifica computadores ligados à Internet) de origem do ataque é da Alemanha e acreditam que a invasão foi por divertimento, uma vez que não houve comprometimento de dados. O caso foi dado por encerrado, sem abertura de inquérito policial para investigação.

A Sesp, por meio de sua assessoria de imprensa, disse que ainda não havia recebido contato da Celepar, mas que deve colocar o site novamente no ar ainda nesta terça-feira (23).

A invasão

O ataque aconteceu na tarde de domingo (21). Na página inicial do site, os piratas virtuais incluíram frases, em inglês, na última notícia que a secretaria publicou, no dia 19.

"YOU HAVE BEEN OWNED BY SYS7ECH !!1 Sys7ech -vs- Administrators ..to be continued ! Greetz: Outlaw, m0sted, Status-x | Sys7ech was here biatch ! ##################################### Here is the original text.. I don't delete it.. 'coz I am not a moron like others...", diz o texto.

Logo que detectaram o problema, funcionários da Celepar retiraram a página inicial do ar, mantendo a mensagem de "Sistema em manutenção". Segundo a companhia, os invasores tiveram acesso apenas ao site da Sesp.

O site invadido continha fotos, notícias e informações sobre as ações de segurança das polícias civil e militar no estado, telefones úteis, além de estatísticas sobre a violência registrada nos últimos anos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.