Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | ERBS Jr / Frame _/Agência O Globo
| Foto: ERBS Jr / Frame _/Agência O Globo

Debaixo de um forte temporal, o arcebispo do Rio, cardeal dom Orani Tempesta, abençoou ontem o Cristo Redentor, restaurado após ser atingido na cabeça e na mão direita por um raio em janeiro deste ano. O trabalho durou quase seis meses e envolveu 36 operários. A reforma também incluiu a ampliação dos para-raios e intervenções nas partes elétrica e hidráulica. O trabalho contou ainda com acompanhamento do Laboratório Nacional de Engenharia Civil de Lisboa, para supervisionar o estado do mosaico de pedra-sabão da estátua. Para o trabalho foi preciso contratar operários com treinamento de bombeiro e especializados em rapel e alpinismo. A visitação não foi prejudicada ao longo das intervenções.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]