i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
verão

Corpo de Bombeiros lança aplicativo para evitar afogamentos nas praias

  • PorMarcos Xavier Vicente
  • 27/12/2016 15:01
Aplicativo Bombeiros do Paraná indica postos com guarda-vidas, as condições do mar e o Boletim de Balneabilidade. | Corpo de Bombeiros/
Aplicativo Bombeiros do Paraná indica postos com guarda-vidas, as condições do mar e o Boletim de Balneabilidade.| Foto: Corpo de Bombeiros/

O veranista tem uma ferramenta a mais para evitar afogamentos nas praias. Está em funcionamento desde sexta-feira (23) o aplicativo Bombeiros do Paraná, pelo qual é possível acompanhar em tempo real os postos com guarda-vidas, bem como as condições do mar e os boletins de balneabilidade.

A ferramente também traz telefones de emergência e a localização de todas as sedes dos Bombeiros no estado, além de informações de como precaver afogamentos e outros acidentes. Por enquanto, o aplicativo está disponível apenas para o sistema Android e pode ser baixado gratuitamente no Google Play.

O chefe da comunicação dos Bombeiros, major Rafael Lorenzetto, explica que a intenção do aplicativo é melhorar o atendimento à população e, consequentemente, reduzir as estatísticas de afogamentos que, na maioria das vezes, ocorrem em trechos não monitorados pelos bombeiros. “Antes de sair de casa, o usuário pode conferir em quais praias há guarda-vidas. Ou seja, ele não vai precisar ir até a praia para conferir se o local realmente conta com guarda-vidas”, ressalta o major.

Para a temporada 2017, a corporação terá 89 postos de salvamento, todos monitorados em tempo real pelo aplicativo. Em todos eles estarão disponíveis as pulseirinhas de identificação para evitar que crianças se percam. “Onde houver um guarda-vidas vai ter pulserinha. Então o aplicativo também facilita a vida dos pais”, aponta Lorenzetto.

Além de alertar da presença de guarda-vidas, o sistema também vai emitir sinais de alerta aos veranistas quando o mar estiver revolto. “A ferramenta conta com informações alimentadas pelo Simepar e pela Defesa Civil em casos de tempestades, ressacas e outras situações que causem risco aos banhistas”, explica o major Lorenzetto.

A balneabilidade das praias, monitorada pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), também será informada pelo aplicativo. A cada boletim emitido, os usuários do aplicativo poderão conferir quais pontos estão ou não próprios para o banho de mar.

Expansão

Inicialmente, o aplicativo, desenvolvido ao longo de quatro meses em parceria com o Laboratório de Programas de Tecnologia da Informação da Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR), abrangerá apenas o litoral. Entretanto, afirma o major Lorenzetto, a intenção do Corpo de Bombeiro é expandir o monitoramento para outros pontos de banho no estado, como a bacia do Rio Paraná, na costa oeste.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.