Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

Quem entra na página da transparência da Assembleia Legislativa do Paraná para saber quanto, onde e de que forma os deputados gastam esse dinheiro só consegue as informações do mês anterior. Atualmente, estão no ar somente as prestações de contas de junho. Quem quiser os detalhes das contas dos meses anteriores precisará entrar com um pedido de informações dentro da Lei da Transparência, com prazo de 20 dias úteis para ser respondida. O problema tende a ser resolvido no mês que vem, já que a assessoria da Alep pretende lançar um novo site, possivelmente com os dados das prestações de contas dos meses anteriores a junho.

Reprodução
Sobe

Fernando Henrique

O ex-presidente da República está sendo assediado pelo principal nome do PT, o também ex-presidente Lula, para ajudar o governo a estancar a crise política e, assim, evitar qualquer chance de impeachment de Dilma.

desce

Eduardo Requião

O irmão do senador Roberto Requião perdeu o recurso no Tribunal de Contas em que contestava o o julgamento das contas dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) de 2005, consideradas irregulares pelo órgão.

Ratinhooooo

O pastor Eduardo Mascarenhas Aguiar, que faz o personagem Xaropinho (foto), um dos mais famosos do Programa do Ratinho, no SBT, se filiou ao PSDC. O “rato” é cotado para concorrer a uma cadeira da Câmara de Vereadores de São Paulo na eleição do ano que vem.

Dinheiro na mão...

Cada parlamentar do estado tem direito a R$ 31.470 por mês para gastar com despesas do gabinete. Dinheiro que pode ser utilizado para pagar aluguel de escritório, locação de veículos, combustíveis, hospedagens, alimentação, entre outras despesas. Primeiro o deputado paga pelas despesas e, depois, pede reembolso, mediante a apresentação das notas fiscais.

Contas aprovadas

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou na semana passada a prestação de contas do Tribunal de Contas. O detalhe é que a prestação é referente ao exercício de 2013. A confirmação foi publicada no Diário Oficial da Assembleia desta terça-feira (21).

Responsabilidades

O delegado da Polícia Federal Eduardo Mauat disse nesta sexta-feira (24) que espera uma mudança de mentalidade a partir da Operação Lava Jato no Brasil. O delegado destacou que a Petrobras também tem responsabilidade pelo esquema descoberto na estatal. “Não existem vilões e mocinhos, existem partícipes, cada um com suas responsabilidades”, disse o delegado. “A Petrobras falhou também em vários aspectos”, completou.

“Nós, do MPF [Ministério Público Federal], investigadores da Lava Jato, temos um sonho, que compartilhamos com a sociedade brasileira. Nós queremos que todos sejam tratados de modo igual perante a lei. A Lava Jato é um suspiro de esperança, é um suspiro republicano.”

Deltan Dallagnol,  procurador do MPF e coordenador da força-tarefa da Lava Jato.
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]