A China congratulou nesta terça-feira (2) a presidente eleita Dilma Rousseff pela vitória na disputa eleitoral brasileira e afirmou que seu governo está disposto a trabalhar com o novo governo para aprofundar os laços entre os dois países.

"As relações de China e Brasil estão em um momento sólido para desenvolvimento", disse o porta-voz do ministério de Relações Externas, Hong Lei, em entrevista concedida em Pequim. "A China deseja juntar-se aos esforços do governo brasileiro e da sociedade para promover e sustentar o desenvolvimento em profundidade de um parceria estratégica sino-brasileira", acrescentou o porta-voz. O presidente da China, Hu Jintao, enviou uma carta de congratulações para Dilma, primeira mulher presidente do Brasil, afirmou ainda o porta-voz.

As relações sino-brasileiras floresceram durante o governo do presidente Lula, com ambos países participando ativamente no bloco chamado Bric (Brasil, Rússia, Índia e China), de nações emergentes. Em 2009, a China tornou-se o principal parceiro comercial do Brasil, superando os Estados Unidos. As informações são da Dow Jones.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]