Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O vice-presidente, Michel Temer, foi o articulador das indicações do PMDB no próximo governo Dilma Rousseff | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
O vice-presidente, Michel Temer, foi o articulador das indicações do PMDB no próximo governo Dilma Rousseff| Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

Sem exceção

Desde quarta-feira, todas as pequisas eleitorais que apresentarem aos eleitores uma lista de candidatos a serem escolhidos deverão conter o nome de todos os políticos registrados para concorrer àquele cargo. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), até agora 465 pesquisas presidenciais foram registradas. Resolução do TSE, aprovada em dezembro, que regulamenta o uso de pesquisas nas eleições desse ano, impede ainda a realização de enquetes (pesquisas sem metodologia científica). A divulgação de pesquisas que não tenham sido registradas poderá ser penalizada com multa.

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), declarou à Justiça Eleitoral possuir um patrimônio de R$ 7,5 milhões. O valor ultrapassa em R$ 950 mil a soma dos bens dos outros dez candidatos à vice-presidente nas eleições de outubro. Os cofres dos 11 vices totalizam R$ 14 milhões, superando os R$ 11,5 milhões dos presidenciáveis.

A fortuna de Temer é quatro vezes maior que a do senador Aloysio Nunes (PSDB), vice na chapa dos tucanos e que reúne R$ 1,8 milhão. A diferença para a ex-senadora Marina Silva, nome para vice do PSB, é ainda maior: 55 vezes superior aos R$ 135,4 mil declarados por ela.

Entre investimentos e imóveis, Temer é quatro vezes mais rico que a presidente Dilma Rousseff, que tem R$ 1,7 milhão em bens. Ele também supera os R$ 5 milhões repassados à Justiça pelo presidenciável José Maria Eymael (PSDC), que tem o maior patrimônio entre os cabeças de chapa.

As declarações dos candidatos à Justiça Eleitoral subestimam o valor de seus bens, porque eles não são obrigados a informar o valor real de mercado de seus imóveis.

Segundo mais rico entre os vices, Aloysio Nunes tem como seu principal patrimônio uma fazenda em Guzolândia, interior de São Paulo, avaliada em R$ 1,1 milhão. Seu patrimônio é inferior aos R$ 2,5 milhões do presidenciável do PSDB, senador Aécio Neves (MG). Uma casa de R$ 60 mil, em Rio Branco (AC), é o maior bem de Marina Silva, que declarou R$ 411 mil a menos que o ex-governador Eduardo Campos.

O candidato a vice com menor patrimônio é Ricardo Machado, do PCO. Bancário, ele informou um total de R$ 11 mil.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]