Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O Tribunal do Júri teve o primeiro julgamento totalmente eletrônico na última semana. No dia 26, a 2ª Vara Privativa do tribunal dispôs de autos totalmente digitalizados pelo sistema PROJUDI, que é o utilizado pela Justiça do Paraná. Durante o julgamento, foram instalados sete computadores no plenário, um para cada jurado. Todos os elementos citados poderiam ser verificados na hora, como fotos, laudos e depoimentos. Os integrantes do júri puderam ter acesso ao processo na íntegra. Promotor e advogado também podem consultar o processo concomitantemente, o que não era possível com o processo físico. Para o juiz Daniel Avelar, a novidade traz mais celeridade e segurança para o processo e evita, por exemplo, extravio de documentos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]