Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Luiz Abi: influência no governo. | Gilberto Abelha/Jornal de Londrina
Luiz Abi: influência no governo.| Foto: Gilberto Abelha/Jornal de Londrina

O Ministério Público (MP) relata nas ações penais da Operação Publicano que o esquema de corrupção na Receita Estadual seria comandado por Luiz Abi Antoun, que é ligado ao governador Beto Richa (PSDB).

O empresário de 59 anos de idade é parente distante do governador – chamado de “primo do Beto” – e participou de campanhas eleitorais do tucano. Por um período, Abi também teve cargo comissionado na Assembleia Legislativa do Paraná. Beto Richa o nomeou assessor parlamentar no ano de 2000, quando o tucano exercia o seu segundo mandato como deputado estadual.

Até ser preso na Operação Voldemort, em março deste ano, Abi tinha trânsito livre no Palácio Iguaçu e, nos bastidores, era considerado um nome influente dentro da administração. Em outro relato do delator Luiz Antônio de Souza, já revelado pela Gazeta do Povo no mês passado, o fiscal sustenta que Abi já tinha poder nos bastidores da prefeitura de Curitiba, quando Beto Richa foi chefe do Executivo da capital, de 2004 até 2010.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]