O último episódio ocorreu nesta segunda-feira (8), quando duas bocas de fogão de uma copa, localizada no segundo andar do prédio, foram encontradas abertas. | /
O último episódio ocorreu nesta segunda-feira (8), quando duas bocas de fogão de uma copa, localizada no segundo andar do prédio, foram encontradas abertas.| Foto: /

A Polícia Federal (PF) do Paraná abriu um procedimento investigativo para apurar vazamentos de gás na sede da superintendência da instituição, em Curitiba. O último episódio ocorreu nesta segunda-feira (8), quando duas bocas de fogão de uma copa, localizada no segundo andar do prédio, foram encontradas abertas.

O local fica exatamente abaixo da sala onde estão os investigadores e documentos da Operação Lava Jato. Conforme a assessoria de imprensa da PF, há duas semanas, ocorreu outro episódio parecido, mas no andar térreo. Ainda segundo a assessoria, o procedimento investigativo só se deu pela repetição dos fatos.

Além de abrir investigação sobre as ocorrências, a PF determinou novas medidas de segurança no prédio.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]