Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
suspeição de Moro
Ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro prestou depoimento no inquérito das Operação Spoofing.| Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro prestou depoimento novamente na Justiça Federal como testemunha da Operação Spoofing. Esse inquérito investiga a invasão de celulares de autoridades e membros da Lava Jato, que resultou no vazamento de mensagens de conversas.

Na anulação das condenações de Lula, muito provavelmente essas mensagens foram levadas em consideração como prova, apesar de terem sido obtidas ilegalmente. A Constituição prevê claramente, em cláusula pétrea, que não são admitidas em processo provas obtidas por meios ilícitos.

No mesmo dia foi ouvida a ex-deputada Manuela D´Ávila, que foi contactada pelos hackers e intermediou a conversa deles com o jornalista Glenn Greenwald. A divulgação das mensagens também bateu de frente com uma cláusula pétrea, que diz que são invioláveis os sigilos de correspondência, de comunicações, etc, etc. Infelizmente, hoje em dia não ligam muito para a Constituição e isso é muito perigoso.

Segundo Moro, o vazamento das mensagens serviu para estancar a investigação da corrupção e para soltar e beneficiar corruptos e corruptores. Eu acho que ele acertou na mosca.

Demanda por aço aquecida

Mudando de assunto. Segundo o Instituto Aço Brasil, a produção de aço cresceu 21,4% no primeiro quadrimestre deste ano. A produção desse bem é um indicador certo da atividade industrial. O consumo de aço siderúrgico subiu quase 44% no mesmo período. Isso é atividade econômica.

Eu ouvi pessoas da indústria da construção reclamarem de demora na entrega de aço. Isso porque há uma defasagem entre o consumo, crescimento de 44%, as vendas internas, que subiram 40% e a produção, que aumentou somente 21%.

O resultado disso foi o aumento na importação do produto, quase o dobro se comparado ao mesmo período do ano passado. Foram adquiridos 1,4 milhão de toneladas de aço por causa do aumento da demanda interna.

Aumento na previsão do PIB

O boletim Focus aumentou a previsão de crescimento do PIB deste ano, de 3,21% para 3,45%. A previsão da taxa Selic é de 5,5% e o câmbio do dólar de R$ 5,35 para o final do ano. Dados que devem aumentar o número de empregos.

Itaipu está bem servida

A população dos mais de 50 municípios da região de Foz do Iguaçu (PR) lamentou a perda do diretor-geral do Brasil na Itaipu Binacional, general Silva e Luna, para a diretoria da Petrobras. Mas o general Francisco Ferreira, que o substituiu, é uma grata surpresa. Eu só tenho ouvido elogios da gestão dele. Dizem que saiu um diretor excelente e entrou outro igualmente excelente. Um sucessor digno.

Ferreira foi brilhante em todas as etapas da carreira militar e eu lembro que ele passou dois anos servindo no Paraguai como instrutor de paraquedismo em uma missão brasileira. Ou seja, ele conhece o país vizinho e sabe negociar com os paraguaios.

É bom ver figuras que ninguém conheciam gerenciando ministérios e cargos estratégicos. Assim como Tarcísio Freitas (ministro da Infraestrutura), Damares Alves (ministra da Mulher), Gilson Neto (ministro do Turismo), entre outras pessoas, que apareceram no governo Bolsonaro sem indicação de partido político e sim por competência.

31 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]