Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
A prova será aplicada em Brasília no próximo domingo, dia 13
A prova será aplicada em Brasília no próximo domingo, dia 13| Foto: Divulgação/DEPEN

Está confirmada a primeira fase do processo seletivo que oferta 107 vagas nas áreas de engenharia e arquitetura do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN), prova que acontecerá em Brasília (DF) no dia 13 de junho de 2021 e terá sessenta questões de múltipla escolha, além de posterior prova de títulos (certificações e experiência profissional) para os aprovados na avaliação objetiva e classificados dentro dos quantitativos previstos no regulamento da seleção.

A organizadora da seleção, o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB), também já disponibilizou a consulta aos locais de prova (acesse aqui), sendo que as regras de biossegurança para impedir o agravamento da pandemia já constam no edital de abertura, juntamente com as normas para a realização das provas.

O objetivo do processo seletivo é escolher profissionais que serão contratados por até quatro anos para atender a encargos temporários de obras e serviços de engenharia destinados à construção, à reforma, à ampliação e ao aprimoramento de estabelecimentos penais no âmbito do Departamento Penitenciário Nacional, com exercício funcional em Brasília (DF) e disponibilidade para viagens.

Concurso em andamento

Além do processo seletivo para temporários, o órgão tem um concurso em andamento para o preenchimento de 309 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva nos cargos efetivos de Especialista Federal em Assistência à Execução Penal (nível superior) e Agente Federal de Execução Penal (nível médio). A seleção começou em 2020 e já foi suspensa duas vezes (07/08/2020 e 24/02/2021) devido ao agravamento da pandemia causada pelo novo Coronavírus (Covid-19).

Segundo o edital de abertura (acesse aqui), os aprovados serão lotados na sede administrativa de Brasília ou numa das cinco penitenciárias federais localizadas em Brasília (DF), Campo Grande (MS), Catanduvas (PR), Mossoró (RN) e Porto Velho (RO), unidades responsáveis por receber os presos de maior periculosidade do país, sobretudo líderes de facções criminosas, já que no sistema federal os presos permanecem em celas isoladas, desarticulados das ações que os levaram a estar presos na unidade.

Com o cronograma retomado em 26 de maio, os candidatos serão avaliados em todas as capitais e no Distrito Federal no próximo dia 27 de junho de 2021, mediante prova objetiva com cento e vinte itens para julgamento certo ou errado, além de prova discursiva na mesma data composta por um texto dissertativo de até trinta linhas.

Os classificados nas provas escritas passarão também por exames de aptidão física, avaliação de saúde, avaliação psicológica e investigação social, etapas de caráter sucessivo e eliminatório. Os aprovados em todas as fases anteriores serão convocados para a última etapa do concurso, o Curso de Formação Profissional (CFP), de caráter eliminatório e classificatório.

Veja outros concursos com inscrições abertas em todo o Brasil |

Deixe abaixo os seus comentários e também acompanhe as principais notícias do blog Concurseiros no Linkedin, Facebook e Instagram da blogueira Thais Nunes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]