Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Os aprovados atuarão nas unidades de atendimento de todo o estado
Os aprovados atuarão nas unidades de atendimento de todo o estado| Foto: Divulgação/Palácio Piratini

A Fundação de Atendimento Sócio-Educativo do Rio Grande do Sul (FASE-RS), entidade pública responsável pelo atendimento de adolescentes autores de atos infracionais com medidas sócio-educativas de internação e semiliberdade, abriu um novo concurso com a oferta de 83 vagas em funções de nível fundamental, médio, técnico e superior, além da formação de cadastro de reserva. De acordo com o edital de abertura os aprovados terão contrato por tempo indeterminado, sendo todos empregados públicos submetidos ao regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e lotados em Porto Alegre e nas unidades de atendimento do interior do estado, conforme a necessidade da administração.

Há oportunidades para administrador, advogado, agente socioeducador, almoxarife, assistente administrativo, assistente social, bibliotecário, contador, dentista, enfermeiro, engenheiro civil, farmacêutico, médico do trabalho, motorista, nutricionista, oficial de manutenção, pedagogo, profissional em educação física, psicólogo e técnico nas áreas de contabilidade, enfermagem, informática e programação, funções com remuneração inicial entre R$ 1.727,40 e R$ 4.269,09.

LEIA TAMBÉM: Câmara de Porto Alegre lança novo concurso

As inscrições serão recebidas de até 15 de março (prorrogado) no site da organizadora do concurso (Instituto Mais), com taxa de participação no valor de R$ 61,38 para os cargos de nível fundamental, R$ 102,30 para nível médio (e técnico) e R$ 233,24 para os cargos de nível superior. Há previsão de isenção do pagamento nos casos previstos no regulamento do concurso.

Os candidatos serão avaliados no dia 1º de maio (nova data) através de prova objetiva de múltipla escolha com quarenta questões de língua portuguesa, informática, legislação e conhecimentos específicos. Já para as vagas de motorista, oficial de manutenção, técnico em informática e técnico em programação a prova terá apenas questões de língua portuguesa, raciocínio lógico (ou matemática para nível fundamental) e conhecimentos específicos.

Os inscritos para o cargo de Agente Socioeducador passarão também por testes de aptidão física e psicológica, desde que aprovados na primeira etapa. Haverá, ainda, posterior avaliação de títulos de caráter apenas classificatório para as funções de nível superior, de acordo com os critérios de pontuação especificados no regulamento do concurso.

Veja outros concursos com inscrições abertas no Rio Grande do Sul |

Tem interesse em migrar para o setor público? Deixe nos comentários as suas dúvidas sobre o mercado dos concursos no Brasil.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]