Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Entrevista com o presidente Jair Bolsonaro era um projeto para o encerramento da segunda temporada de Hora do Strike. O convite que fizemos foi para que ele participasse ao vivo do último episódio do ano, na próxima segunda (13), mas a agenda do presidente não permitiu. Depois de semanas negociando, conseguimos, porém, espaço para conversar com o presidente nesta quarta-feira (8). Eis o motivo da exibição de um episódio extra de Hora do Strike, em plena quarta.

>> Faça parte do canal de Vida e Cidadania no Telegram

Participam da entrevista eu, Cristina Graeml, e os comentaristas fixos do programa, Kim Paim e Gustavo Gayer. Em pauta, os mais variados assuntos, do título de personalidade do ano escolhido por mais de dois milhões de pessoas em enquete promovida pela revista Time, à pandemia, economia, política, traições, eleições e muito mais.

À vontade, o presidente trata de temas considerados sensíveis como passaporte sanitário, vacina para crianças, Amazônia, as dificuldades para combater a cultura da corrupção e o aparelhamento do Estado feito em governos anteriores.

O presidente também comenta sobre sua filiação ao PL e a provável saída de alguns ministros para concorrer nas eleições de 2022 a cargos de governador ou senador. Isso ajuda na reeleição? E o sistema, vai permitir? Moro, oposição, difamação do Brasil no exterior... Há muito mais nessa conversa.

Para assistir à íntegra da entrevista basta clicar no play da imagem que ilustra essa página. Não deixe de registrar sua impressão sobre essa entrevista e deixar um comentário para promover o debate entre os assinantes da Gazeta do Povo.

Hora do Strike volta na segunda, com a participação da Bárbara, do Canal Te Atualizei, para o encerramento da segunda temporada. Faremos um intervalo para férias e voltaremos com a terceira temporada em fevereiro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]