Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O Telegram passou dois dias sob censura para mais de 70 milhões de brasileiros que utilizam o aplicativo, mas acabou liberado. O que está por trás de mais este ataque do ministro do STF Alexandre de Moraes contra a liberdade de expressão? Haverá solução para tamanho desrespeito à Constituição e à população?

>> >> Faça parte do canal de Vida e Cidadania no Telegram

Já Lula finalmente fez o teste da rua, mas não foi exatamente para testar sua popularidade e sim, o nível de idolatria da militância. Junto com o agora petista Roberto Requião, candidato ao governo do estado pelo novo partido, foi a um assentamento do MST em Londrina (PR). Que revelações saíram desse encontro?

Outro assunto que tomou o noticiário político nos últimos dias foi o convite do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para que o ministro do STF Ricardo Lewandowski presida uma comissão para estudar mudanças na lei do impeachment. É claro que todo mundo estranhou.

Lewandowski é justamente o ministro que, ao presidir a sessão de impeachment de Dilma Rousseff, em 2016, aceitou fatiar o processo. Apesar da decisão da maioria dos parlamentares pelo afastamento da ex-presidente do cargo por crime de responsabilidade, o ministro optou por manter seus direitos políticos, à revelia do que prega a Constituição. Que mudanças na lei será que pretende sugerir?

O tema, a aparição de Lula no assentamento do MST e a censura ao Telegram são o foco do debate no episódio 6 desta terceira temporada de Hora do Strike.

Hora do Strike

Hora do Strike vai ao ar às segundas, às 20h, ao vivo. Eu, Cristina Graeml, e os comentaristas de política Kim Paim e Gustavo Gayer estamos em todos os episódios. A quarta janela é ocupada por um comentarista convidado a cada semana.

Nesta segunda quem participa do programa é o jornalista Luís Ernesto Lacombe, colunista da Gazeta do Povo, que vem participando como comentarista convidado uma vez por mês desde a estreia do programa, em julho de 2021.

Agradecemos a você, assinante, que proporciona a produção de conteúdos como este e aproveitamos para sugerir Hora do Strike para amigos, convidando-os a assinar a Gazeta do Povo pelo link promocional disponível na página especial do programa que você pode acessar aqui.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]