i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Flavio Quintela

Foto de perfil de Flavio Quintela
Ver perfil

Egocentrismo digital

  • Flavio QuintelaPor Flavio Quintela
  • 19/01/2021 00:08
Censura nas redes sociais escancara a hipocrisia dos plutocratas progressistas que adaptam valores caros à democracia às suas necessidades políticas.
Censura nas redes sociais escancara a hipocrisia dos plutocratas progressistas que adaptam valores caros à democracia às suas necessidades políticas.| Foto: Pixabay

Faz uma semana que abandonei meu perfil no Twitter e saí de todos os grupos no WhatsApp. Minha decisão foi tomada por causa da censura explícita que Twitter e Facebook impuseram a Donald Trump e diversos outros influenciadores de direita. Não vejo lugar para mim nessas redes sociais com políticas seletivas de cerceamento da liberdade de expressão em que ditadores como Kim Jong-Un tenham seus perfis intactos e o presidente dos Estados Unidos seja impedido de falar porque, na opinião dos que comandam essas plataformas, incitou o ataque ao Capitólio (ainda que, de fato, ele não o tenha feito).

Durante essa semana, o único perfil que usei foi o da rede Gab, cuja promessa desde seu início é de liberdade total de expressão, independentemente da orientação ideológica do usuário. Por ser uma rede que só funciona via navegador de internet – foi planejada assim para não se tornar refém dos donos das plataformas móveis, leia-se Apple e Google –, o acesso não é tão fácil como os tradicionais Twitter e Facebook. E, para piorar, a rede ficou sobrecarregada com a chegada de uma multidão vinda do Parler e das plataformas da censura, tornando a tarefa de postar um simples texto em uma atividade demorada e repetitiva. Resultado: fiquei uma semana sem postar um oi sequer.

Quem disse que meus pensamentos precisam ser compartilhados com o mundo, o tempo todo? Que tipo de egocentrismo é esse, que me faz achar necessário comunicar ao mundo cada pequena ideia que cruza meus neurônios?

Hoje pela manhã, enquanto fazia a barba, pensei num negócio engraçado. Na mesma hora, me veio a vontade de postar o pensamento, algo que eu faria de imediato de estivesse usando as redes sociais como sempre usei. Como não as uso mais, pensei logo em seguida: esse pensamento morrerá comigo, no máximo comigo e com minha esposa. E, em seguida, me veio o insight: ora, e quem disse que meus pensamentos precisam ser compartilhados com o mundo, o tempo todo? Que tipo de egocentrismo é esse, que me faz achar necessário comunicar ao mundo cada pequena ideia que cruza meus neurônios? Pior que isso, que necessidade é essa que temos de ver o número de curtidas e encaminhamentos crescendo, inflando nosso ego por algo banal e sem nenhum benefício real para nossas vidas?

Eu não sei se você, leitor ou leitora, concorda comigo, mas o fato é que as redes sociais, com exceção de algumas poucas utilidades – entre elas, conectar-se com amigos antigos, lançar campanhas filantrópicas, denunciar crimes, vender serviços e produtos –, fazem do mundo um lugar pior. É nelas que as polarizações de nossa era se alimentam e crescem. É nelas que as pessoas dão vazão ao seu lado mais escuro, xingando e amaldiçoando como jamais fariam pessoalmente. É nelas que a vaidade se desenrola, seja nas pequenas tiradas do Twitter, nos textões do Facebook ou nas selfies do Instagram. E é nelas que a mentira impera, desde o sujeito que inventa algo para atacar alguém até o que disfarça a tragédia de sua vida com fotos e legendas montadas para deixar qualquer um com inveja.

O meu pensamento é meu e meu apenas. Minhas ideias são minhas e minhas apenas. Até pouco tempo atrás, tornar o que se passava em nossas mentes em algo público requeria muito esforço. Era necessário galgar uma posição nos órgãos de imprensa, ou escrever um livro e conseguir alguém que o publicasse, ou ainda trabalhar para atingir o status de professor e, assim, ter uma plateia constante para difundir sua visão de mundo (de um pedaço dele, para ser mais preciso). Hoje, bastam um acesso à internet, uma conta de e-mail e um telefone celular.

Não é à toa que vivemos na era dos coaches e dos gurus, especialmente aqueles que prometem transformar nossa vida através da organização do nosso tempo e dos nossos talentos. Afinal, nós os desperdiçamos diuturnamente nas redes sociais, gastando momentos preciosos de concentração em incontáveis espiadas para ler as últimas atualizações ou ver os stories mais recentes. Quem consegue ter foco com tamanha distração? Quem consegue ser produtivo num ambiente tão poluído para a mente? Poucos. Pouquíssimos, na verdade.

Obviamente, pelo alcance que tenho nesta coluna e pelas minhas limitações, não almejo revolucionar o mundo moderno com este texto. Mas, se você me permitir, quero deixar um desafio. Tente ficar uma semana sem elas. Uma semana sem redes sociais. Apague os aplicativos do seu celular. Delicie-se com seus pensamentos, sem achar que mais alguém precisa saber deles. Leia coisas centenárias em vez de bobagens repetidas por centenas de milhares de pessoas, a ponto de serem classificadas como “Encaminhada muitas vezes”. Passe mais tempo com seus filhos e com seu cônjuge. Veja mais televisão. Medite mais. Converse mais com o Criador. E tire menos fotos, porque ninguém mais aguenta ver seu rosto ou os pratos que você come. Resumindo, como diria Voltaire, cuide do seu jardim, tanto literal como metaforicamente. Deus cuidará do que for importante, mas que você não puder cuidar. E de todo o resto não lhe cabe cuidar e nem sequer se preocupar. Se aceitar o desafio, volte aqui e deixe um comentário contando como foi.

Conteúdo editado por:Marcio Antonio Campos
13 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 13 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • M

    MARCELO ROCHA LOPES

    ± 0 minutos

    Perfeito Flávio, hoje estamos muito dependentes de atenção, ficamos até chateados, se escrevemos e ninguém comenta!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • T

      Tereza Coutinho

      ± 24 horas

      Concordo plenamente. Só mantenho o Face (ainda não sei por quanto tempo) por causa de parentes que moram no interior.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • J

        José Luiz Almeida Costa

        20/01/2021 13:07:47

        O queixume tem fundamento. Existe um fenômeno ainda não explicado de que, por questões de educação ou prudência, deve-se não compartilhar nossa inteligência para não se postar de arrogante. Isso é falsa humildade. Nunca se deve nivelar por baixo senão a sociedade fica **** como um todo.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • E

          Eden Lopes Feldman

          20/01/2021 12:54:03

          Entendo o posicionamento do colunista, mas também lembro que pelas redes sociais podemos transitar informações que são desconsideradas ou adulteradas pela grande mídia global. As redes sociais eram nossa alternativa. Agora viraram nossa nova prisão. Continuamos prisioneiros do progressismo.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • L

            Loy Demari

            20/01/2021 12:33:10

            Parabéns pela belo texto! Tentarei seguir teu conselho. Ótima convocação a uma reflexão profunda sobre o uso do nosso tempo.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • G

              Glauco André

              20/01/2021 12:04:17

              A única rede social, fora o whatsapp, que eu utilizava era o Twitter. A mais de um ano que sai dessa rede e sem dúvidas foi a melhor escolha. Desde então, consigo ler todos os artigos da Gazeta do povo; li mais livros e assisti todos os filmes que pude, principalmente os clássicos. As pessoas precisam sair da "caverna" social!!

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • R

                renato mello

                20/01/2021 11:52:43

                Com toda sinceridade, meu parabéns por chegar a essa conclusão. Facebook é para os finais de semana. Tweeter e Instagram nem perdi meu tempo em instalar. WhatsApp bom dia pela manhã e assuntos corporativos. Só acredito que assistir televisão não é mais minha praia. Seja fechado ou aberto os canais televisivos só transmitem porcarias, na mesma linha de conclusão a q vc chegou. Veja a Globo News e a CNN coomo exemplos : 24h de transmissão e assuntos sem nenhuma relevância tomando proporção de pautas-bombas e notícias de fim-de-Mundo que não resistem ao dia seguinte. Espero que mais pessoas embarquem nesta onda. O poder das big techs não acabará por leis e ordens governamentais + por pessoas

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • C

                  Ciro Santos

                  20/01/2021 10:54:04

                  Como nunca interessei-me em ingressar nessas famigeradas "redes sociais" que deveriam passar a ser conhecidas por "manicômios digitais", a leitura deste seu texto apenas reforçou a impressão negativa que eu desde o princípio intui sobre esse universo. Não carrego comigo essa vaidade desmesurada e também não me guio pelas vaidades alheias. A lobotomização em massa transformou a vulgaridade em modo e objetivo de vida. Fujam enquanto é tempo!

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  1 Respostas
                  • A

                    Alessandra

                    ± 23 horas

                    Exagero da sua parte. Redes Sociais são um fenômeno que mudou a sociedade. Para o bem e para o mal

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                • F

                  FRANK HONJO

                  20/01/2021 9:59:24

                  Flávio. Boa reflexão sobre mídias sociais x disperdiçadores de tempo. O pior que ficou tão enraizado na vida de todos. Acredito que se usarmos de forma inteligente aceleramos o nosso crescimento. Mas existe sim o "lado negro" da força. Saber dosar isso requer muita disciplina, começa por ai. Abs. :)

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • W

                    wilmar scoz

                    20/01/2021 1:49:32

                    Foi tudo muito bem. Uma pena que aconselhou a ver televisão. Está pior. Melhor é buscar fontes alternavas. Desde que sejam respeitáveis. Não perco muito tempo com TV, nem com mídias sociais.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • A

                      Antonio Carlos Bastos Navarro

                      19/01/2021 17:33:14

                      Maravilhoso! Realmente estamos no caminho oposto. Que bom expressar tanta lucidez. Parabéns

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • K

                        kukafe

                        19/01/2021 10:53:33

                        Bom dia, Flavio. Compartilho com vc do mesmo pensamento. Facebook já deixei há 3 anos e Instagram deixei ano passado. Compartilhava meus vinhos, mas pra que e pra quem?? Vaidade das vaidades como diz o Eclesiastes. Bom dia!!

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        Fim dos comentários.