Garoto vítima de bullying que viralizou nos EUA ganha apoio de estrelas do UFC
| Foto:

Vítima de bullying, o garoto americano Keaton Jones emocionou os Estados Unidos nesse fim de semana. Após ganhar apoio de diversas celebridades e esportistas, o garoto também foi abraçado pelo UFC.

Keaton aparece chorando em um vídeo gravado pela mãe. Na gravação, que viralizou na internet e atingiu milhões de visualizações em um curto período, ele conta que pediu para ir embora da escola mais cedo porque estava com medo de ser maltratado pelos colegas.

Segundo o menino, além das agressões verbais, os colegas costumam jogar leite no seu cabelo e colocar comida dentro de sua roupa durante o almoço.

SIGA O LUTA LIVRE NO FACEBOOK

Presidente do UFC, Dana White iniciou uma campanha para entrar em contato com Keaton. Ele quer levar o menino para conhecer a sede do Ultima, em Las Vegas.

O campeão meio-pesado (até 93 kg) Daniel Cormier também demonstrou apoio. Ele disse que também foi vítima de bullying e hoje tem um cinturão.

Diversos outros lutadores de MMA se manifestaram com a hashtag #StandWithKeaton. Stipe Miocic, campeão peso-pesado (até 120 kg), por exemplo, chamou Keaton para treinar com ele.

Já o ex-lutador Kenny Florian ofereceu aulas grátis de jiu-jítsu e defesa pessoal.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]