i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Luta Livre

Foto de perfil de Luta Livre
Ver perfil

Petraglia explica motivo do UFC desistir de Curitiba

  • PorFernando Rudnick
  • 21/02/2019 15:35
Mario Celso Petraglia durante evento do UFC Curitiba, em 2016.
Mario Celso Petraglia durante evento do UFC Curitiba, em 2016.| Foto:

O Athletico culpa o UFC pela não realização do evento agendado para o dia 11 de maio, na Arena da Baixada.

UFC 237 estava encaminhado para acontecer no estádio atleticano, mas acabou transferido para Arena da Barra, no Rio de Janeiro, com o curitibano Anderson Silva como a maior atração.

Segundo o presidente do Conselho Deliberativo do Furacão, Mario Celso Petraglia, a organização de MMA decidiu mudar a sede porque não conseguiu montar um card capaz de lotar a Baixada. Na edição de 2016, o público pagante foi de 45.207 pessoas.

“Agora eles entendem que não chegariam a 20 mil e seria desmoralização geral! No Rio será para 15 mil!”, afirmou Petraglia, via WhatsApp.

O dirigente garantiu, inclusive, que o Ultimate aceitou a forma de divisão de todo o faturamento do estádio. O clube ficaria com 50% da bilheteria e vendas dentro do estádio, por exemplo.

A questão foi apontada pelo Combate, e confirmado pelo blog, como principal motivo da transferência se sede.

No Rio, o custo de produção do evento será muito menor em relação ao investimento necessário para a montagem do show em Curitiba. Também não será necessário trazer tantos nomes de peso para lotar o ginásio.

A luta principal será a disputa de cinturão peso-palha entre a paranaense Jéssica ‘Bate-Estaca’ Andrade e a americana Rose Namajunas.

O desfecho da negociação com o Athletico, que se arrastava desde o ano passado, não surpreendeu Petraglia.

“Não [surpreendeu]! Estão em queda no Brasil! Não temos mais ídolos!”, alfinetou o dirigente.

A reportagem tentou contato com o UFC, mas não obteve resposta até a publicação da matéria.

>> Guia dos jogos na TV: onde assistir Brasileirão, Libertadores, Sul-Americana

>> Sem Globo, Turner e Premiere, 52 jogos do Brasileirão 2019 são excluídos da TV

>> Veja onde seu time vai passar na TV em 2019

>> Brasileirão 2019 na Turner; jogos com transmissão, canais, streaming, narração

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.