i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Paraná Mining Report

Pesquisa aponta as 10 melhores startups do Paraná; estudo mapeou 502 empresas

  • PorMariana Ceccon
  • 23/09/2019 09:00
parana-mining-report-bcredi-top-startups 2
A BCredi foi destaque por ter tido o maior salto proporcional no número de funcionários em um ano, além de figurar no TOP 10 startups da holding.| Foto: divulgação/BCredi.

A holding de negócios Distrito lançou no início deste mês um estudo detalhado do cenário de inovação do Paraná, mapeando 502 startups do estado. O estudo, batizado de Paraná Mining Report, mostrou que quase metade das jovens e tecnológicas empresas da região faturam menos de R$ 360 mil por ano. Outras 40% tem um faturamento menor do que R$ 5 milhões no mesmo período.

O relatório também revelou que 8 em cada 10 startups tem uma estrutura menor do que 20 funcionários, praticamente a mesma proporção de jovens empresas que dedicam seu foco de negócios para a venda de soluções para outras companhias.

Lideram a concentração de negócios desse tipo as áreas de tecnologia aplicada a finanças, publicidade, serviços e educação. A primeira delas, as fintechs, respondem pela geração de 1/5 do total de vagas de emprego criadas pelas startups.

Esta é a segunda edição do Paraná Mining Report. No ano passado, o Distrito conseguiu rastrear 195 empresas.  A exemplo do relatório anterior, a holding também mostrou o perfil dos empresários deste segmento.

“Uma sociedade típica de uma startup paranaense consiste de três homens, nascidos no Paraná, com idades entre 30 e 40 anos. A proporção de mulheres entre os quadros societários ainda é desequilibrada, com aproximadamente uma mulher para cada 6 homens”, aponta o documento.

Geração de emprego

O raio-x também ranqueou as empresas que tiveram o maior crescimento no número de funcionários de um ano para o outro. Lideraram, a escola de habilidade profissionais Conquer, com 162 vagas criadas nos últimos 12 meses, e a BCredi, que foi a startup com o maior salto proporcional no período (152%), abrindo 61 vagas.

“Somos uma fintech que processa crédito imobiliário, originada dentro do Banco Barigui. Trabalhar com tecnologia 100% nossa e uma equipe autônoma do banco explica porque tivemos esse salto no número de funcionários”, comenta a gerente de RH da Bcredi, Fabiana Zandroski.

As áreas comercial, cobrança e tecnologia foram as que absorveram a maior parte dessa demanda. “Recebemos uma rodada de investimentos no início de 2019 que nos possibilitou acelerar a nossa produção e desenvolver tecnologia aplicada a oferta de crédito para os brasileiros. Isso nos permitiu trabalhar com essa escala grande de crescimento”, arremata.

Ranking

Além de traçar um perfil das empresas, o Distrito também criou um algorítimo próprio para eleger as 10 maiores startups do Paraná. Essa análise levou em consideração variáveis como faturamento presumido, número de funcionários, visibilidade, capacidade de captação de investimentos e tempo de mercado da startup.

Com base nesses resultados a holding classificou no top 10 as fintechs Contabilizei, EBANX e Bcredi, as plataformas de educação HeroSpark e Conquer, a gestora de marketplaces Olist, além da Pipefy, MadeiraMadeira, James Delivery e Rentcars.com

Previsão

A holding também levantou empresas que ainda não eram robustas o suficiente para integrar o TOP 10, mas que “já mostram sucesso em seus modelos de negócio”. O relatório elencou dez iniciativas que podem ser consideradas para a próxima “leva de gigantes paranaenses”. Confira:

  • EngagED,
  • Duopana,
  • Adam Robo,
  • VHSYS,
  • Send4,
  • LeadLovers,
  • Pontomais,
  • Juno,
  • Datacoper e
  • Advise.
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.