i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Blockchain

Curitiba recebe o evento Blockchain Connect; inscrições estão abertas

  • PorCamila Machado
  • 01/11/2019 14:46
Blockchain
Além do bitcoin: evento em Curitiba promete apresentar a tecnologia e seus usos no acesso à justiça, governo e gestão pública, novos modelos de negócios e de processos distribuídos.| Foto: Pixabay.

Desmistificar o cenário do blockchain no Brasil e apontar as alternativas do uso desta tecnologia em diferentes setores - além do "dinheiro eletrônico" bitcoin- é o objetivo do Blockchain Connect, evento que acontece em Curitiba nos dias 7 e 8 de novembro, na FAE Business School. A programação envolve palestras, workshops e showcases.

Entre as atrações confirmadas está a palestra da desenvolvedora Solange Gueiros, que ganhou o primeiro lugar noEthBerlin 2019, em agosto, na Alemanha. Solange também venceu o Hackathon da Ethereum, em Nova York, em maio.

"O evento vai abordar temas que vão muito além das operações financeiras e incluindo setores que não têm tanto destaque na mídia, como acesso à justiça, governo e gestão pública, novos modelos de negócios e de processos distribuídos, entre outros. Tudo isso num formato que busca atender a múltiplos interesses", explica Carl Amorim, executivo do South America BRI.

O público esperado no Blockchain Connect é de 500 pessoas nos dois dia de evento, entre curiosos, entusiastas, gestores, legisladores a desenvolvedores.

Os ingressos estão no terceiro lote e custam R$ 250. Para comprar é preciso acessar o site oficial.

Programação

A programação envolve três pilares: Learn - palestras e painéis; Build - soluções com as ferramentas e tecnologias disponíveis em workshops promovidos por grandes empresas do setor; e Showcase - casos de sucesso de aplicação da blockchain.

Entre os palestrantes está também Adriana Silimprandi, fundadora da Exo; Alexandre Brandão, fundador da Alexandria; Anderson Nery, CEO da Wuzu; Carl Amorim, do Blockchain Research Institute; Renata Baião, juíza de Direito no Tribunal de Justiça de São Paulo; Renata Queiroz, do Instituto de Desenvolvimento de Londrina; entre outros. A programação completa está no site.

O Blockchain Connect integra a Blockchain Week Brasil .

O evento é realizado pela EXO Global, grupo econômico de soluções em blockchain e criptoativos, e pelo South America Blockchain Research Institute (South America BRI), rede global de pesquisa sobre o impacto da blockchain nas estruturas de gerenciamento corporativo.

Blockchain e usos

Além da transparência no mundo dos negócios, a tecnologia blockchain pode trazer ganhos sociais importantes.

Um exemplo é sua utilização para suporte a refugiados, que nem sempre têm a oportunidade de carregar consigo a documentação que os identifica - um sério problema para começar a vida em outro lugar. Através da identificação baseada em blockchain, eles ganham a possibilidade de guardar dinheiro virtualmente, fazer uma quantidade significativa de transações que antes não poderiam (online por exemplo) e até mesmo a possibilidade de receber um salário.

Já no combate à corrupção, um bom exemplo é a Estônia, país europeu pioneiro no uso da blockchain no contexto estatal. Por meio de projetos do governo é possível registrar companhias online, assinar documentos digitalmente e enviá-los criptografados, além de realizar transações bancárias e fazer a declaração de imposto de renda de maneira virtual. Tudo de modo seguro e imutável.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.